InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Ver as novas mensagens desde minha última visita
Ver minhas mensagens
Ver as mensagens sem resposta
Compartilhe | .
 

 Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
LYnxies
CBR 125R
avatar

Número de Mensagens : 144
Idade : 43
Localização : Setúbal
Mota/Modelo : ZX6-R 636 / Ex: CBR 600 F / Ex: GS500
Data de inscrição : 28/02/2014

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 2nd 2016, 20:44

Não dês a mota como perdida...
Pode ser que com o tempo e aos poucos a consigas arranjar.
Mas sim, é uma situação terrível.
Votos das maiores felicidades 
um abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
optiplus
CBR 250
avatar

Pendura : Ana Filipa

Número de Mensagens : 246
Idade : 50
Localização : Vila de Rei
Mota/Modelo : Honda CBR 900 FireBlade (919)
Data de inscrição : 16/06/2016

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 2nd 2016, 23:08

Em primeiro lugar lamentar o sucedido, depois espero que tenhas uma rápida recuperação, quanto ao resto um conselho, faz tudo mas tudo com muita calma, depois tenta ir juntando as peças do puzzle de forma a quando apresentares a reclamação tenhas uma forte argumentação, tipo de frases que vá dificultar a defesa da outra parte... tens tempo, não tenhas pressa, põe o cérebro a funcionar, eu no teu lugar começava por ir a fábrica, pode estar ai a tua salvação, de certeza que deves juntar uns quantos que se dão como tua testemunha do tipo estava-mos na hora do lanche a fumar um cigarro e vimos isto e aquilo, acredita que isso será uma mais valia... de resto é ires montando a cena aos poucos e veres onde podes e como tirar proveito em tua defesa...
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 3rd 2016, 08:13

Obrigado pela força amigos.
Ja deixei de tomar a medicaçao, o medico disse q era tudo ate ao fim mas ja n preciso. Agora é principalmente dores musculares, a perna ja quase mexe sem grande dor e o braço ontem ao fazerem o penso é bem menos afinal do que tinha visto no hospital.

Qt à maquina é muito dificil arranjar peças, principal as esteticas/exteriores como carenagens, opticas, piscas, etc. Mecanica é simples pois tem mto material partilhado com outros modelos mais recentes.
Se virem a foto tirada por tras nem saberia por onde começar, o subquadro foi-se todo e nesta mota é soldado ao principal. Ainda ontem vi uma igual à venda no olx, pareceu-me toda completa, a 950€ mas ja n me sinto capaz de voltar a ter um projeto de restauro outra vez.
Sempre quis ter uma R6 1°gen ou 2°gen ou entao uma 600RR 1° gen, mas algo que n será tao cedo pois faltam os euros para tal, por isso nos ultimos 2 anos dediquei-me mais a finalizar o restauro desta, e era tao boa ser livre de IUC. Ohhhhhh nunca chegou a experimentar ir à tao "aguardada" IPO para motas!!!!!!

Quanto ao seguro acho isso estupido, entao num acidente eu me der culpado com a devida justificaçao a minha seguradora so tem q aceitar o q lhe digo e mais nada (ou devia). Exemplo disso o tal acidente à mtos anos q me dei como culpado, certo q ja n me lembro se no desenho meti o stop ou nao. Tenho a vaga ideia q nao, ja para ser a regra de quem está à direita para ser aplicada, e acelerar a decisao da seguradora a favor do outro.

Ontem a conversar com um amigo, ja q nestas terrinhas tudo se sabe, ele disse q passou pelo local no dia mas q a confusao era tanta à minha volta q n conseguiu ver-me e a mota estava irreconhecivel, mas o pai q ia com ele conhece o outro condutor, vao-me tentar arranjar o contacto dele a ver se consigo algum entendimento. Tendo sorte e a pessoa ser acessivel o meu mediador tem q fazer o impossivel para as seguradoras simplesmente aceitar a justificacao do outro condutor. Vamos ver, era tao bom e ninguem ficava no prejuizo, ou melhor, seria bastante menos para mim.
Qt a testemunhas n sei ainda se alguem ficou, optimo seria o condutor de tras comprovar a minha versao. Os funciomarios da empresa ouvi comentarem entre eles q é constante isto exactamente ali, q depoiscme deixa revoltado, entao pq raio a empresa n proibiu a entrada por ali assim como as autoridades tb retirarem do piso a possibilidade daquela manobra? Depois vao para a TV falar de prevençao qd coisas tao basicas n fazem e resolviam logo mtos acidentes. O tal sinal no cimo da estrada é outro exemplo, no sentido inverso tb sao constantes os acidentes pois aquele sinal acreditem q é mm estupido ali e pessimamente mal regulado.
O sinal foi colocado apos um atropelamento fatal a uma crianca, mas mais uma vez ja tinha havido mtos acidentes ali e q mais tarde ou mais cedo algo de grave ia acontecer. Neste pais so depois de acontecer uma desgraça se faz alguma coisa qd havia aviso claros q isso estaria iminente. Mas em vez de fazerem uma rotunda ali q fazia mto mais sentido puseram semaforos q começou a criar mais acidentes, e nada se faz...
Este é apenas um exemplo, pois aqui na zona ha outros q com simples soluçoes e baratas se resolvia o problema, por exemplo aqui num local de mtos despistes qd começa a chover (q a minha mulher à 3 anos sentiu na pele com o meu Civic) era apenas colocar um material aderente sobre o alcatrao à saida da rotunda (aquele material q existe antes de algumas passadeiras) e de certeza q nunca mais havia problemas pois ja vi la uns bem serios q acabam por ir para contra mao e serem embates mto feios. Mandei duas cartas a expor isso tudo e a perguntar se é necessario esperar ate alguem morrer, apenas a GNR respondeu a dizer q n era nada com eles.
Ate fico doente com a sociedade em q vivemos...

(desculpem o desabafo)
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 3rd 2016, 16:58

Hoje de manha n resisti e tive que tentar meta-la a trabalhar.
Com um balde de água à mão por via das dúvidas, custou um pouco a pegar pois devia estar sem combustível nos carburadores, está com o mesmo trabalhar mas tive que a desligar logo pois tem uma fuga no radiador do óleo.

Pelo menos o motor já poderá dar para alguém

Vídeo
https://drive.google.com/file/d/0B9wXDYWIiuOAakJyMlZMd0haS28/view?usp=drivesdk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Red Demon
Honda Monkey
avatar

Pendura : Marina

Número de Mensagens : 41
Idade : 36
Localização : Sintra
Mota/Modelo : Honda CB1000R / Honda Hornet 600 F5
Data de inscrição : 03/09/2016

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 3rd 2016, 20:56

Olá, já tive um acidente há 13anos e felizmente o único até agora mas também sem culpa! O gajo sai do stop e nem olhou e pronto...
Bem, coloque este post não para falar de mim mas para te dar força pois sei o que custa e doi... Espero que vocês recuperem bem e rápido! Wink
Quanto á moto vê-se que estava muito bem restaurada, parecia nova... É pena mas se tiveste calma até agora para a restaurar, acho que vale a pena repará-la só pelo gosto e dedicação que tens por ela!

Abraço!
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 4th 2016, 00:26

Red Demon escreveu:
Olá, já tive um acidente há 13anos e felizmente o único até agora mas também sem culpa! O gajo sai do stop e nem olhou e pronto...
Bem, coloque este post não para falar de mim mas para te dar força pois sei o que custa e doi... Espero que vocês recuperem bem e rápido! Wink
Quanto á moto vê-se que estava muito bem restaurada, parecia nova... É pena mas se tiveste calma até agora para a restaurar, acho que vale a pena repará-la só pelo gosto e dedicação que tens por ela!

Abraço!

Obrigado

Aquele subquadro e braço tudo de lado não sei até que ponto o quadro não ficou tb afectado.

Já tenho o contacto do outro condutor, ver se ainda tenho sorte, que ainda não tenha entregue nada na seguradora e se assim for que aceite a minha proposta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
tuta
CBR 500R
avatar

Número de Mensagens : 987
Idade : 40
Localização : Coimbra / Vila Nova de Poiares
Mota/Modelo : Suzuki Gsx 650F
Data de inscrição : 14/05/2012

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 6th 2016, 01:43

António, não percebo o porquê da minha mensagem na página anterior só ter aquilo escrito, tinha feito um "testamento"... Adiante!

Espero que recuperes a "mana" da minha, não te devo poder safar em peças, mas se precisares de ajuda com alguma coisa estou aqui.  Wink

Olha, no ebay ás vezes apareçem algumas bem baratinhas até.  Wink

Boa sorte e não te deixes afectar, acontece a todos!

Grande abraço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 6th 2016, 14:04

tuta escreveu:
António, não percebo o porquê da minha mensagem na página anterior só ter aquilo escrito, tinha feito um "testamento"... Adiante!

Espero que recuperes a "mana" da minha, não te devo poder safar em peças, mas se precisares de ajuda com alguma coisa estou aqui.  Wink

Olha, no ebay ás vezes apareçem algumas bem baratinhas até.  Wink

Boa sorte e não te deixes afectar, acontece a todos!

Grande abraço.


Ao vivo dá para perceber melhor a extensão dos danos, principalmente no quadro.

A reparação está fora de questão, nunca mais seria a mesma.
Ando a ver se ainda consigo chegar a um acordo com o outro condutor mas o gajo ontem começou a roer a corda.
Falei com 2 mediadores meus e até na própria GNR em dias diferentes e agentes diferentes. O auto deles é apenas para arquivo visto apenas ter havido um ferido ligeiro e q so la foram pq a INEM foi chamada, dessa forma podemos fazer uma declaração amigável conforme o nosso acordo e pronto, o auto da policia n serve para nada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Edgar_Oliveira
CBR 1000RR
avatar

Pendura : Susana_Pires

Número de Mensagens : 28359
Idade : 29
Localização : Palmela
Mota/Modelo : CBR 1000RR 2009, EX CBR 600 F 2001, EX PCX 125 2010
Data de inscrição : 17/09/2009

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 6th 2016, 18:36

entao faz bem o desenho de forma ao outro ser 100% culpado, assinem os dois, etc....  muito importante, na parte de participação de trás, apesar de muitos dizerem k nao interessa ele k assuma a culpa e que diga o que fez de mal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 7th 2016, 00:51

O camelo roeu a corda hoje e ainda se pos aos gritos ao telefone e desligou-me na cara qd tentava argumentar q ja tinha ido mais uma vez à GNR, pela segunda vez, e mais dois agentes confirmaram q podiamos fazer a declaraçao amigavel q o auto neles neste caso é so para arquivo. Dois mediadores dele pelos vistos n quiseram ter trabalho e meteram-lhe medo.

Entretanto ja fiz o meu desenho e a minha declaraçao para entregar na minha seguradora sem falta amanha pois com isto ja estou em incumprimento, mas vou alegar q devido aos ferimentos n pude tratar antes. Do que fiz espero pelo menos q a minha seguradora n assuma a culpa e isto fique pelo menos em 50/50 e o camelo tb fica com o prejuizo, mm q bastante inferior ao meu e o causador do proprio acidente mas para ainda n ficar a ganhar com isto. Ate o facto de ter sido levado pelo INEM sou penalizado por n ter podido ficar no local e defender-me, assim o outro disse o q bem entendeu e nem sei se ha testemunhas, coloquei tb isso na minha declaraçao.
Agora ando chateado cmg pois ja tinha pensado montar uma camara na mota e adiei, era uma compra de 30/40€ q podia agora ser a minha salvaçao pois as seguradoras aceitam estes videos qd existem (assim como dao um bonus no seguro)

Ando mm triste com o mundo, n so nisto mas em outras coisas q nos tem acontecido, tentamos ser o mais correctos possivel e estamos constantemente a ter q lidar com a ma fe e falta de integridade das outras pessoas, desmotiva imenso e cada vez tenho menos forças.

Nao é justo ficar assim sem a mota, qd sempre tive o maior respeito ao andar para minimizar os riscos ao maximo, por culpa de um cromo qq que nem palavra tem e seguiu o caminho mais facil para ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
madd
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2001
Idade : 26
Localização : Lisboa
Mota/Modelo : CBR600F4i 2004 / ex-CB600F Hornet 2007
Data de inscrição : 01/10/2015

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 7th 2016, 13:26

PSonic escreveu:
[...]

Ando mm triste com o mundo, n so nisto mas em outras coisas q nos tem acontecido, tentamos ser o mais correctos possivel e estamos constantemente a ter q lidar com a ma fe e falta de integridade das outras pessoas, desmotiva imenso e cada vez tenho menos forças.

Nao é justo ficar assim sem a mota, qd sempre tive o maior respeito ao andar para minimizar os riscos ao maximo, por culpa de um cromo qq que nem palavra tem e seguiu o caminho mais facil para ele.

Companheiro, tenho lido por alto os teus comentários e as respostas destes post.
Uma coisa é certa, infelizmente, no mundo de duas rodas, no que está relacionado com acidentes nós estamos completamente, totalmente e absurdamente f* .... Nos acidentes, nas quedas, em todo o tipo de situações que envolve uma mota e um carro, mesmo que tenhamos toda a razão do mundo, a culpa será sempre nossa porque acabamos por ser "aquele veículo que, de certeza absoluta, deveria estar a fazer alguma manobra menos correcta, ou errada, ou proibida..."
Averiguar um acidente pelos danos de uma mota é igualmente uma cambada de problemas, quer para as seguradoras, quer para a polícia, quer para tooooda a gente. Têm sempre de ir 28 peritos da tua seguradora e mais outros 34 da outra, uma, duas, três vezes, e ainda assim ficam com dúvidas...gaaah
Os processos costumam estender-se tipo ... meses e meses e meses...

Não te digo isto para te desmotivar, ou para perderes a esperança.
Digo-te porque, infelizmente, já tive algumas histórias de acidentes e quedas em que apenas em 1 a seguradora lá se responsabilizou pelos danos da minha mota. Uma situação em que um autocarro da TST, por falta de espaço na via, decidiu derrubar-me a mota (estava estacionada) e mesmo assim não estavam a querer tomar conta do arranjo! E sabes porquê? Porque o motorista negava que tinha batido, e quando lá iam os peritos tentar falar com ele, estava sempre de folga! LOL São coisas que tu ficas a pensar "Mas que raio se passa com estes serviços?"study
Tive de pegar nas perninhas (porque me fartei de telefonemas sempre a dizerem o mesmo), fui à seguradora da TST, e disse-lhes simplesmente "Estou aqui para receber uma resposta deste caso e não saio daqui enquanto não a tiver..." - Até a Gestora falou comigo ao telefone! E a resposta veio nesse mesmo dia!assobia

É muito complicado mesmo no que respeita acidentes vs motas vs seguradoras...
Sempre que mete motociclos ao barulho, o pessoal dos seguros foge desses casos a sete pés!

Ainda por cima esse sujeito não está a querer colaborar... mais complicado se torna.
Mas tenta insistir mais um bocado com ele! Pode ser que ainda se tire daí qqr coisa fixe!

De qualquer forma, espero que corra tudo o melhor possível. É que, no final, quem se enerva e fica "cansado" de andar para trás e para frente com estas situações somos só nós... Digo-te mesmo por experiência própria! pale
Nós andamos a querer resolver, a telefonar, à espera, a querer saber, atrás e atrás e insistir ... acredita, ficamos exaustos e vamos vendo que, cada vez mais, fazemos as coisas para NADA! Porque, como disseste, simplesmente ninguém quer saber....

Eu compreendo perfeitamente que te sintas triste com isto.  Sad A nossa burra é a nossa burra e nada a substitui.
Perdi a minha Hornet também de uma forma estúpida, mas não se compara porque a culpa foi 101% minha.

Desculpa lá o testamento com uma boa dose de ódio a seguradoras lol! Mas realmente ... é de uma pessoa ficar com os cabelos em pé nestes casos!

Vai dando novidades! E força! fixe!
Voltar ao Topo Ir em baixo
hferreira
Honda Monkey
avatar

Número de Mensagens : 35
Idade : 36
Localização : Sintra
Mota/Modelo : Honda Hornet
Data de inscrição : 25/08/2016

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 7th 2016, 15:48

Boas, para ti até poderia ser uma mais valia o acidente ser participado pela GNR, desde que colocassem o local de embate dentro da faixa de rodagem e não fora de mão... geralmente esse local de embate é determinado pelos dois condutores em que cada um conta a sua versão e assinalam o local de embate (sinalizado e fixado pelas medidas tiradas pela GNR).

Se as coisas estiverem a teu favor (dentro da faixa certa) podes exigir a participação de acidente deles. Pois existe a obrigatoriedade por parte da GNR de participar todos os acidentes dos quais tenham conhecimento (daí por vezes se deslocarem ao hospital a pedir as declarações dos intervenientes). 

Já agora essa participação é cara (ronda os 45/60€), mas essa despesa recai sempre para a seguradora... (ainda que a empurrem para ti).

Espero ter ajudado! rápidas melhoras

Edit: Também podes sempre alegar que tiveste de te desviar dele para fora de mão na tentativa de evitar a colisão ;-)
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 8th 2016, 16:30

Obrigado Street e hferreira,

Foi exactamente isso que meti na minha declaração, devido ao transito intenso alguns condutores anteriores detectaram a minha aproximação e deram espaço e que neste caso detectei espaço entre o veiculo e o eixo da via e iniciei a passagem devidamente assinalada e a velocidade muito moderada, veiculo esse que de súbito acende o pisca (detectado pelo meu canto do olho) e exactamente ao mm tempo faz um arranque rápido empurrando-me para faixa contraria e que acabo por ficar preso na roda do ligeiro que estava com um angulo muito acentuado fazendo eu ser projectado no ar assim como o motociclo embatendo depois com enorme violência no chão. Escrevi mais coisas mais foi isto mto resumido do ligeiro não ter preparado a manobra, assim como foi-me vedado a possibilidade de defesa no local por parte do INEM, sendo depois as declarações obtidas no hospital sem respeito pelo meu estado e o agente não escreveu tudo o que disse. Que depois aqui o estupido ainda penso em não assinar sem ler mas parvo confiei na autoridade.

Hoje fui chamado para falar com o perito do seguro do meu trabalho pois entrou como acidente de trabalho visto estar a ir para o mesmo, ele já tinha o auto e mais más noticias. Nas dezenas de pessoas que estavam no local comigo e condutores que pararam nesse momento o auto diz "sem testemunhas". Li a declaração dele e parece um santo e um cumpridor de todas as regras.
No entanto vi uma pequena luz ao fundo do túnel, no auto da GNR o desenho mete o ligeiro a virar para a zona industrial antes dos traços, ou seja, vez a manobra ainda sobre traço continuo. Poderei ter aqui algo onde me agarrar.
O perito de hoje no final disse que realmente a minha postura perante isto nada se compara a outras pessoas com q tem lidado com isto de seguros de trabalho, por exemplo por ter declarado que já tinha uma hérnia à 3 anos e que recusei receber custos de combustível qd vou mudar o penso ou aos exames. No caso do combustível disse-lhe que não faz sentido pois é apenas um desvio de 1km no meu normal trajecto e q na hérnia que n tinha nada a esconder e que felizmente não saiu afectada neste acidente, ele respondeu q é raro ter pessoas com esta postura mas tb lhe disse que mm assim de nada me tem valido e acabo sempre por sair prejudicado, não existe nada disso de justiça divina!

Qt às seguradoras dos veículos começou todo o processo hoje, a companhia do outro camelo já marcou peritagem para a mota na próxima segunda-feira, já queriam amanha mas pedi para ser segunda pq ainda tenho a mota em casa e a oficina ainda tem que a ir buscar.

O meu estado de espirito actual é fechar-me em casa e não ver ninguém, estou com serias dificuldades em ter que lidar com pessoas neste momento, com os problemas dos outros, as urgências dos outros, a má educação dos outros, etc. devido a já lidar com o publico à muitos anos, estou seriamente esgotado. Muito triste do mundo onde vivemos tanta mas tanta gente no local e não tenho uma única testemunha.

Deixar passar um tempo para alivar a cabeça e vou mm montar camaras nos meus 2 carros, não estou para passar por isto outra vez. E um dia q volte a ter outra mota será logo o primeiro extra, camara à frente e atras por via das duvidas. Há tanta variedade agora, é eu voltar a ter cabeça e é logo o q vou pesquisar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
hferreira
Honda Monkey
avatar

Número de Mensagens : 35
Idade : 36
Localização : Sintra
Mota/Modelo : Honda Hornet
Data de inscrição : 25/08/2016

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 8th 2016, 16:46

As declarações nunca são fáceis porque tem de ser na hora... sem tempo para pensar. Tu aí poderias ir directamente ao posto e fazer novas declarações. (agora já é tarde... siga! sem stress).

Testemunhas... podes sempre passar lá no local e perguntar por alguém que tenha visto a coisa acontecer e adicionar ao processo. 

Ou arranjas aí dois amigos que estavam uns carros atrás e viram tudo... Rolling Eyes assobia 

Um abraço e não te deixes abater com estas coisas! Acredita em ti!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
madd
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2001
Idade : 26
Localização : Lisboa
Mota/Modelo : CBR600F4i 2004 / ex-CB600F Hornet 2007
Data de inscrição : 01/10/2015

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 8th 2016, 17:34

PSonic fazes bem em ir à luta, mas tens mesmo de aguentar e ter muuuuita paciência No Nestas situações acabamos por ficar com raiva de tudo e todos porque parece que quanto mais o processo anda para a frente, pior fica e as más notícias destroem-nos um pouco mais de todas as vezes que as ouvimos. Quanto ás declarações ... tens sempre que pensar que ninguém está para se chatear senão tu. gaaah

Da parte dele, claro que ele iria sempre "descartar-se" o máximo que podia. Infelizmente, não existe nem nunca vai existir boa fé de quem nos bate na mota. A culpa é sempre nossa, como disse anteriormente - nós é que somos os "malucos"

"O meu estado de espirito actual é fechar-me em casa e não ver ninguém, estou com serias dificuldades em ter que lidar com pessoas neste momento, com os problemas dos outros, as urgências dos outros, a má educação dos outros, etc. devido a já lidar com o publico à muitos anos, estou seriamente esgotado. Muito triste do mundo onde vivemos tanta mas tanta gente no local e não tenho uma única testemunha."

Atendimento ao público também é a minha área - eu diria que deves estar com a cabeça minimamente em água Wink Mas não te feches. Pelo contrário, tenta distrair-te, não estejas sempre a pensar nisso, é beeeem pior e ficas esgotado 10x cada dia. Não é fácil abstrair, mas faz ao máximo para te entreteres com outras coisas. Senão vais dar em doido! wtf crazy!

Força e boa sorte com isso! fixe!
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 8th 2016, 18:53

Obrigado pela força,

Este "cansado" de lidar com pessoas já o tinha, pq somos os maiores do mundo qd ajudamos e fazemos tudo como querem, quando levam um não ou algo parecido já somos umas bestas...
Nestes últimos dias obviamente este sentimento acentuou-se, no caso do perito que veio falar comigo hoje, começou de facto com essa ideia "mas você ia sobre o traço continuo" e perguntei logo quem lhe disse isso e como podia ter essa certeza, obviamente no momento do embate estava sobre ou até para lá do traço continuo pois fui empurrado antes de bater na roda do carro, e prova disso é que os danos do carro começam na porta o que prova que tive que ser empurrado e depois lá me começou a dar razão. Tenho que explicar isto a toda a gente, o que prova o que dizes, ninguém percebe e os motociclistas é que são uns irresponsáveis que não respeitam nada nem ninguém. Tomara à maioria dos condutores de "latas" terem metade da nossa responsabilidade quando estamos sobre uma mota, o corpo é nosso!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 20th 2016, 14:26

Hoje recebi uma carta da GNR...

Só mesmo neste país, a preocupação é passar multas o resto pouco importa.
50€ porque segundo esta carta diz que transpus a linha longitudinal contínua, olha que me*** de intelegencia, então pois claro se fui empurrado pelo ligeiro e prova disso é o primeiro embate na porta e obviamente (leis básicas da física, que dois objectos não podem ocupar o mesmo espaço/tempo) sou forçado a passar o traço continuo e quando se dá o embate final na roda do ligeiro e depois o resto já se sabe (novamente as leis da física a funcionar)!!

Lá tenho q ir amanha à GNR, fod****
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wolf
CBR 600F4i
avatar

Número de Mensagens : 3238
Idade : 43
Localização : Caldas da Rainha
Mota/Modelo : hornet 600 98 \ cbr1000rr 2009 ex:cbr954rr 2002 / cbr900rr 1998 / cbr900rr 1992 / nsr50 1992
Data de inscrição : 03/10/2008

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 20th 2016, 16:37

contesta a multa, pois se constar no auto que transpuseste o traço continuo, a seguradora vai agarrar-se a isso e vai automaticamente considerar te culpado...
Voltar ao Topo Ir em baixo
tuta
CBR 500R
avatar

Número de Mensagens : 987
Idade : 40
Localização : Coimbra / Vila Nova de Poiares
Mota/Modelo : Suzuki Gsx 650F
Data de inscrição : 14/05/2012

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 20th 2016, 22:43

Como é que a GNR te passa uma multa duma coisa que não viu???  Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 21st 2016, 09:38

Já vim da GNR, tem agentes/guardas de uma falta de tacto incrível, parece-me q se acham donos e srs da razão.
Lá tenho que mandar a reclamação para a ANSR, mas depois cada um diz uma coisa!!! Tenho um coima do ano passado (multaram a pessoa a quem emprestei o carro por a morada da carta não corresponder à viatura, fdx mas está tudo louco!!!?) que no posto lá da locadidade disseram para pagar em 48h a titulo de deposito e então reclamar para evitar problemas, desde 23/11/2015 que aguardo resposta e o dinheiro.

Vou aproveitar mandar nova carta sobre essa coima e agora desta da mota, que me disseram na GNR que não tenho que pagar se a for reclamar!! Pelos vistos cada um diz uma coisa, não andam todos na mesma escola!?
Na coima diz que foi com base no inquérito, mas que porra de inquérito? Testemunhas não pode ser, pois se não há no auto do acidente também não pode existir para passar a coima. Não há marcas de travagem nem nada que se pareça...

Fdx fico mesmo triste com isto.


Última edição por PSonic em Setembro 21st 2016, 11:01, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 21st 2016, 09:50

tuta escreveu:
Como é que a GNR te passa uma multa duma coisa que não viu???  Shocked


Tenho um conhecido meu que é GNR e disse exactamente isso, e de facto confirmou que tem colegas (principalmente do trânsito) que não há argumentos.
Vou tentar contactar o perito do seguro com quem já falei a ver se ele me manda o auto da GNR para conseguir lá apanhar factos que suportem a minha razão.
Por exemplo como podem tirar medidas de forma correcta se a mota foi projectada no ar qd bati na roda do carro? Isto não foi um choque típico de dois ligeiros q a baixa velocidade onde batem é onde ficam, a mota tentará sempre continuar com o movimento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 21st 2016, 10:40

Já tenho o auto da GNR, que palhaçada. Tenho aqui tanto mas tanto onde me agarrar!!!! Desenho mal feito da via, mostra 3 traços e são apenas 2 onde é possível transpor o traço continuo o q coloca o carro em local proibido para fazer a manobra. No próprio desenho indica que foi feito com base nas declarações do condutor do ligeiro, logo não torna valido. Para além de outras coisas aqui.

Um verdadeiro circo mas que parece que o palhaço sou eu e tenho q andar a chatear.me com isto
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F4
avatar

Número de Mensagens : 2555
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 21st 2016, 10:41

acabaram-me de dizer q com 2 traços não é possível virar no traço continuo, é verdade? Não tenho ideia nenhuma sobre essa possível limitação. Já andei na net à procura mas até agora ainda n encontrei nada sobre os traços que possibilitava a passagem sobre o traço continuo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wolf
CBR 600F4i
avatar

Número de Mensagens : 3238
Idade : 43
Localização : Caldas da Rainha
Mota/Modelo : hornet 600 98 \ cbr1000rr 2009 ex:cbr954rr 2002 / cbr900rr 1998 / cbr900rr 1992 / nsr50 1992
Data de inscrição : 03/10/2008

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 21st 2016, 11:17

mete lá ai um print do desenho do auto, acho que andas a matar a cabeça e a chatear-te com uma coisa que a partida já está mais que decidido e tens tudo contra ti...duvido muito que consigas mudar alguma coisa no auto da policia, por acaso essa estrada também não tem sinalização de proibido ultrapassar? é que para ter o duplo continuo se calhar tem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
hferreira
Honda Monkey
avatar

Número de Mensagens : 35
Idade : 36
Localização : Sintra
Mota/Modelo : Honda Hornet
Data de inscrição : 25/08/2016

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 21st 2016, 11:21

Boas, bem isso não está mesmo fácil...

Essa multa da morada não a deviam ter pago porque essa multa era para anular. (não faz sentido) a morada da carta tem de coincidir com a morada actual do proprietário. (ou a que está nas finanças).

A multa resultante do inquérito é passada com base nas declarações dos condutores e por sua vez no já falado "local de embate". Podes e deves recorrer da dita multa e em vez de falares com o 1º GNR que te aparece à frente pede para falar com o Comandante do Posto e ele que te explique como chegaram à conclusão que foste tu a meter as patas e não o outro a não cumprir as regras de mudança de direcção. Se ninguém te der ouvidos envias e-mail a pedir esclarecimento para o Posto, Destacamento e Comando territorial... (nada como fazer muito barulho).

Edit: Vai falar com o Comandante do Posto leva fotos do local e diz-lhe que aquilo está mal feito e por certo ele mandará fazer uma correcção.... As medidas tiradas à mota são as medidas da posição final da mota e não do local de embate que pelo que sei não disseste qual era o teu e pede para o fazeres.

Outra coisa é pedir uma reconstituição do acidente... acho que isso tem de ser pedido pelo seguro caso detecte irregularidades na participação feita pela GNR.

Traço continuo com tracejado ao lado é possível mudança de direcção (mas não percebi muito bem de que traço falas).


Última edição por hferreira em Outubro 14th 2016, 09:41, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

 Tópicos similares

-
» primeira armadura de ikki.
» Primeira vez aqui!!
» Ford Mustang 79 - Primeira Montagem
» Shiryu de Dragão V2 (Bandai)
» #002 - Pescando a primeira carta!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
CBRportugal | Comunidade Motard :: COMUNIDADE :: Quedas & Acidentes-