InícioPortalRegistrar-seConectar-se

Ver as novas mensagens desde minha última visita
Ver minhas mensagens
Ver as mensagens sem resposta
Compartilhe | .
 

 Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte
AutorMensagem
Asa Negra
CBR 400RR
avatar

Número de Mensagens : 705
Idade : 38
Localização : Numa estrada qualquer
Mota/Modelo : cbr 650 f
Data de inscrição : 03/11/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 22nd 2016, 23:32

Boas melhoras companheiro; espero que tenhas sorte; são situações muito chatas! Sad
 Conclusão: evitar ultrapassagens em sítios onde houver saídas para a esquerda! Principalmente em localidades, quase ninguem olha para o retrovisor e muitos nem pisca fazem!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wolf
CBR 600F4i
avatar

Número de Mensagens : 3200
Idade : 43
Localização : Caldas da Rainha
Mota/Modelo : hornet 600 98 \ cbr1000rr 2009 ex:cbr954rr 2002 / cbr900rr 1998 / cbr900rr 1992 / nsr50 1992
Data de inscrição : 03/10/2008

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 22nd 2016, 23:44

Reclamar vale sempre a pena reclamar, isto se tiveres tempo e paciência, o resultado é que duvido muito que seja outro,  não duvido que o causador do acidente seja o carro, e que tu ias a ultrapassar com todos os cuidados e sem pisar o continuo, mas quando se olha para o auto da GNR o que lá está bem explícito é que tu estavas na outra faixa quando se dá o embate, repara no croqui onde está assinalado o local de embate... Se queres começar por reclamar tens de conseguir que a gnr mude o auto e assuma que estava mal feito por falsas declarações de alguém...a culpa desta situação nem é das companhias de seguros pois, ao olhar o auto da GNR qualquer pessoa te dá como culpado e não querem saber de mais nada...
Voltar ao Topo Ir em baixo
optiplus
CBR 250
avatar

Pendura : Ana Filipa

Número de Mensagens : 233
Idade : 50
Localização : Vila de Rei
Mota/Modelo : Honda CBR 900 FireBlade (919)
Data de inscrição : 16/06/2016

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 23rd 2016, 12:03

T4L1B1N escreveu:
Essa das bicicletas é outra, se tenho de deixar 1.5M então havia sitio onde ia a 10km/h atras do menino, as filas de transito haviam de chegar ao Porto.

Isto é simples de perceber, as bicicletas foram equiparadas aos outros veículos, as bicicletas e não só, por exemplo os peões também foram, assim sendo e devido ao pouco espaço que ocupam na via havia sempre a possibilidade de serem ultrapassados sem que para isso fosse necessário ultrapassar o traço(s) contínuos.
O problema era as ditas tangentes, que muitas vezes se falava em menos de um palmo, o que colocava em perigo uma vida humana, e a prova é a quantidade de ciclistas e peões etc. etc. atropelados anualmente e muitos casos mortais, que se prova pelos dados fornecidos pelas autoridades, são valores de meter as mãos a cabeça, enfim...

Ora a fim de se evitar isso e ao equiparar com os outros veículos houve a necessidade de aumentar a largura, mesmo que de forma virtual dos hoje em dia denominados objectos vulneráveis, assim sendo criou-se a regra dos 1,5 metros, que junto com o espaço real do dito objecto vulnerável se traduz no equivalente a largura dos outros veículos, aproximadamente até 2,20 metros.
O que obriga a imaginar que a nossa frente não vai um peão nem uma bicicleta mas sim um veiculo iguais aos outros todos.
Quanto ao facto que para cumprir irá haver filas até ao Porto eheheheh temos pena, se forem carroças então tinha-mos filas até Madrid.
Temos que perceber é que as estradas foram feitas para tudo e todos, e em termos de antiguidade a andar nelas está por exemplo as bicicletas lol por isso é deixar andarem os velhinhos na estrada.
Um conselho, se tiverem que passar uma bicicleta é preferível queimarem o traço continuo do que fazer uma tangente, e se a tangente dá para o torto então acreditem estão metidos numa dor de cabeça, além de que uma grande maioria mesmo da malta das bicicletas andam com câmaras a filmar e as imagens em tribunal podem ser consideradas válidas, por isso imaginem a caldeirada, um conselho já que eu sou vitima dos dois lados, ciclista mais de 10.000kms por ano, automobilista cerva de 20.000 por ano e agora motociclista de novo, ainda não sei quantos vou fazer na mota ao ano lol.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wolf
CBR 600F4i
avatar

Número de Mensagens : 3200
Idade : 43
Localização : Caldas da Rainha
Mota/Modelo : hornet 600 98 \ cbr1000rr 2009 ex:cbr954rr 2002 / cbr900rr 1998 / cbr900rr 1992 / nsr50 1992
Data de inscrição : 03/10/2008

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 23rd 2016, 13:01

concordo em parte consigo, mas demos muito aos ciclistas sem exigir nada, onde está o seguro obrigatório? e o uso de iluminação? os espelhos? o capacete?  uma boa parte do pessoal que anda de bicicleta até tem isso tudo, mas e os outros? vejo muito ciclista que não tem o mínimo respeito pelos outros veículos que andam na estrada nem pela sua própria segurança, dou um exemplo rápido de um ciclista um destes dias, seguia eu numa estrada bastante movimentada uma recta transito a circular compacto e ultrapassei o sr passado uns 200m o transito abranda e o sr vai e começa a passar pela direita eu quando vi pelo espelho pk os uso até abri para não o entalar contra o passeio, só que teve azar pk o carro a minha frente virou a direita e ele bateu lhe ( ainda começou a barafestar com o homem quando a culpa era dele)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Asa Negra
CBR 400RR
avatar

Número de Mensagens : 705
Idade : 38
Localização : Numa estrada qualquer
Mota/Modelo : cbr 650 f
Data de inscrição : 03/11/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 23rd 2016, 13:38

Estou a espera do dia em que vai ser exigido aos condutores de bicicletas 1seguro tal como os outros! Acerca de um ano e pouco na nacional que liga Guimarães a Braga vi um grupo de ciclistas a passarem vermelhos, a situação revoltou me!!
Muitas estradas não tem condições para a circulação de bicicletas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 23rd 2016, 14:24

Sempre gostei e conduzir, principalmente mota mas tb o carro. Desde o acidente que sinto q é uma obrigação e estou sempre preocupado qd vou levar com alguém em cima outra vez.
As leis neste país são feitas sem pensar, basta ir ao país vizinho e há varias regras especificas para motas, por exemplo uma faixa antes dos semáforos apenas para ciclomotores/motociclos q serão os primeiros a arrancar qd abrir, ai que algum automóvel la fica em sinal vermelho. Logo para os veículos de duas rodas irem para lá qd está vermelho a lei contempla a passagem pelo meio dos outros veículos e afins. Parece que so vamos buscar os maus exemplos dos outros países, e isto são coisas tao simples.

Entao se da mm forma q alteraram a lei da ultrapassagem q nem a uma bicicleta é possível devido ao numero de acidentes pq o mesmo critério n é usado nas motos? Se calhar posso arriscar que 70 a 80% dos acidentes com veículos de duas rodas é por culpa de acção dos outros veículos que n os respeitam. O resto são os despistes.

Acabei de enviar a minha reclamação da decisão para a minha seguradora, uma cópia para a do outro e uma reclamação para a ASF sobre a falta de apoio da minha seguradora comigo, nenhum contacto, falta de respeito, etc.
Se conseguir nem q seja mudar a decisão para 50/50 (não vou baixar os braços) vou tb pedir o reembolso destes gastos com correios.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Palinho
CBR 400RR
avatar

Número de Mensagens : 532
Idade : 51
Localização : Chaveca-Faro/Setúbal
Mota/Modelo : CBR 1100XX
Data de inscrição : 19/06/2015

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 23rd 2016, 14:50

eu vou ter que ler isto tudo....

As melhoras rapaz, e da tua senhora, pois parece que estamos os dois com uma bombeira!?
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 23rd 2016, 15:15

Palinho escreveu:
As melhoras rapaz, e da tua senhora, pois parece que estamos os dois com uma bombeira!?

Então a tua "maria" também se queimou? As melhoras rápidas dela e que cure tudo bem, mto cuidado agora com o sol e dependendo do dano para o ano nada de sol no local.

A minha "maria" já anda sem ligaduras, já está bem melhor mas ainda tem um longo caminho. Já lhe disse q nos próximos 2 anos nada de sol nas pernas. Depois compro-lhe umas coisas daquelas ligas elásticas que os atletas costumam usar nas pernas/braços, mto protector solar na pele de máximo factor e estas ligas por cima qd se for à praia ou passear no próximo verao
Voltar ao Topo Ir em baixo
optiplus
CBR 250
avatar

Pendura : Ana Filipa

Número de Mensagens : 233
Idade : 50
Localização : Vila de Rei
Mota/Modelo : Honda CBR 900 FireBlade (919)
Data de inscrição : 16/06/2016

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 26th 2016, 11:57

Pessoal, é assim hoje a lei não protege o ciclista tal como parece transparecer, eu dou um exemplo, se um ciclista passa um sinal vermelho e for mandado parar, e após ser identificado se conclui que tem é possuidor de habilitação válida para automóveis e afim, ele vai ficar sem ela como se fosse no dito automóvel, os ditos objectos vulneráveis ao serem equiparados a veículos automóveis as obrigações também o foram, não se iludam.
 - Quanto ao facto do seguro, concordo com o estudo que foi feito, e que já está em prática nos países evoluídos há muitos anos, de não ser obrigatório, isto porque diz a lei que é da obrigação de evitar o acidente do veiculo com maior poder de destruição, ou seja quando vamos de carro somos nós obrigados a evitar o acidente e se ele acontecer em certos casos podemos ser responsabilizados mesmo com razão.. basta ser provado que tínhamos todas as condições de o evitar, aqui quanto a esta culpabilidade levanta muitas dúvidas e acho que ficou coisas por serem melhor esclarecidas dai não concordo, quem não cumpriu que seja responsabilizado pelos seus actos.
 - Uso do capacete também não concordo, acho que deveria ser obrigatório, pelo menos evitava-se certos ferimentos graves.
 - Luzes e tudo resto é obrigatório até faixas reflectoras são obrigatórias.
Agora esta relação de ódio entre camiões, carros, motas, bicicletas, carroças e por ai a fora nunca vai haver lei que as consiga superar pelo facto e eu conheço dezenas de pessoas assim, que dependente do veiculo que levam assim se adaptam a rivalidade que existe, e assim se conclui que o problema é falta de educação, de respeito pelo próximo, de uma democracia muito nova e que começou de forma podre... enfim havia muito para discutir.

Mas acho que já está a ficar off topic, o assunto aqui é tentar ajudar o nosso companheiro a tentar resolver o acidente e os estragos na sua mota e nele e na esposa....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Daikoni
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 8863
Idade : 30
Localização : Lisboa
Mota/Modelo : CBR600F 2012
Data de inscrição : 27/05/2013

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 26th 2016, 12:09

optiplus escreveu:
porque diz a lei que é da obrigação de evitar o acidente do veiculo com maior poder de destruição, ou seja quando vamos de carro somos nós obrigados a evitar o acidente e se ele acontecer em certos casos podemos ser responsabilizados mesmo com razão.. basta ser provado que tínhamos todas as condições de o evitar, aqui quanto a esta culpabilidade levanta muitas dúvidas e acho que ficou coisas por serem melhor esclarecidas dai não concordo, quem não cumpriu que seja responsabilizado pelos seus actos

Quem me dera que isso fosse verdade!

Um automóvel tem muito maior poder de destruição que um motociclo, no entanto o motociclo é tipicamente a ovelha negra nas culpas.

_________________________________________
Youtube  | Vimeo
Life is a trip, from point A (birth), to point B (death).
Motorcycles teach you different: it isn't the destiny that really matters, it's the ride between.
Think for yourself. Live your life. Make it count.
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/user/daik0ni/videos
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 26th 2016, 13:15

"o motociclo é tipicamente a ovelha negra nas culpas"

Olha que disse isso mesmo na minha reclamação a ambas as seguradoras de me estarem, ambas, a tentar responsabilizar na totalidade, onde pergunto e exijo saber qual a prova que os fez chegar a esta decisão ou se é por ser um motociclo é logo à partida culpado.
Vamos aguardar pelos próximos capítulos, o que é certo por ter reclamado em menos de 5 dias o outro camelo ainda não vai ver a cor do dinheiro para lhe reparar o carro.

Hoje de manha passei na empresa junto do local do acidente, pois têm la uma camara e podia eventualmente estar apanhar aquela zona. Mas infelizmente não apanha, n pelas questões legais mas sim pq é uma camara para o parque privado e n chega a apanhar a entrada.
Qd lá cheguei e me apresentei 2 funcionarias ficaram histéricas (no bom sentido), pois lembravam-se perfeitamente do acidente e em todo o aparato que foi no local, porque estava com óptimo ar e a andar já que as noticias que circulavam na empresa é que tinha ficado paraplégico. De facto uns 3/4min após o embate não conseguia mexer nada mas aos poucos todos os membros começaram a trabalhar.
Já tinha na ideia escrever uma carta à empresa para agradecer aos colaboradores que tiveram sempre comigo, acho que alguns estavam mais nervosos que eu pq ainda fui eu a corrigir o local (nome da estrada) qd estavam a falar com a INEM ao telefone eheheheh
E aproveitar dar um toque na carta à gerência da empresa que aquele acesso não devia possibilitar a entrada, principalmente naquele sentido.

Na sexta já tive alta dos tratamentos, já n ando com ligadura no braço e a perna já responde bem. Segundo a ressonância que fiz ao joelho foi por uma unha negra n o ter arrebentado todo, a expressão do médico ao ler o relatorio do exame foi "isto foi uma valente bruduada!". Para já so estou proibido de fazer qq tipo de corrida e ter cuidado com as torções no joelho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 30th 2016, 13:45

Amigos hoje acabo de receber boas noticias da seguradora do outro camelo, mas que só será util se a decisão da responsabilidade do acidente for alterada.

Recebi a peritagem da mota, e ao contrario do que era previsto os valores são favoraveis. Assim por valores arredondados, pois até ao centimo eles vao aqui na carta:

- Custo de reparação: 8500€
- Valor comercial: 1800€
- Valor da mota ao estado actual: 55€
- Valor final (já descontando o preço dado ao veiculo): 1750€

O que quer isto dizer q se conseguir pelo menos mudar a decisão para os 50/50 irei receber perto de 850€. Valor este que era o q tinha em mente em caso de a vender um dia.

Não estava nada à espera deste valor, agora resta que a responsabilização seja alterada pelo menos para os 50/50, já nem falo em tentar levar isto ainda mais longe pois já seria mto mais complicado provar a inteira culpa do camelo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Silver_Bullet
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 6958
Idade : 31
Localização : Porto/Matosinhos
Mota/Modelo : YZF-R1 RN09 & RN19| Ex: xtx660 / 600RR / 1000RR
Data de inscrição : 16/08/2009

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 30th 2016, 13:58

Já se vê uma pequena luz lá ao fundo.melhor das sortes na resolução!

_________________________________________
    https://www.youtube.com/SilverBulletR1
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.youtube.com/SilverBulletR1
Wolf
CBR 600F4i
avatar

Número de Mensagens : 3200
Idade : 43
Localização : Caldas da Rainha
Mota/Modelo : hornet 600 98 \ cbr1000rr 2009 ex:cbr954rr 2002 / cbr900rr 1998 / cbr900rr 1992 / nsr50 1992
Data de inscrição : 03/10/2008

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 30th 2016, 14:31

Já conseguiste que a GNR alterasse o croqui? Como ficou a história da Multa que te passaram por transpor o traço continuo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Setembro 30th 2016, 23:16

Wolf escreveu:
Já conseguiste que a GNR alterasse o croqui? Como ficou a história da Multa que te passaram por transpor o traço continuo?

Eu para já mandei a reclamação da decisão para ambas as seguradoras na sexta passada com provas de como o auto da GNR tem várias falhas, vamos ver no que dá.
Se continuarem a não considerar os erros do auto, que eu provo, terei q exigir reconstituição do acidente no local e algo me diz que até as medidas devem estar mal. Eu ainda tenho a esperança q com o que mandei a provar os erros do auto e da decisão das seguradoras eles acabem por mudar para 50/50 e o assunto fica encerrado, pois eles se não forem parvos já devem ter percebido que levo isto até ao limite.

A GNR não sei se altera o croqui, pois não fiz nenhuma reclamação directamente na GNR ou no MAI. Eu mandei apenas a reclamação da multa para a ANSR onde menciono todas as situações, a GNR não estava no local logo n viu, só apareceu 30min depois e já estava eu a caminho do hospital, o levantamento errado do croqui que não corresponde à sinalizaçao da via, sem testemunhas identificadas, um dito inquerito q nunca fui chamado, etc.
Mas acho q ha provas suficientes para as seguradoras mudarem a decisao mm sem a GNR admitir o erro, pois está à vista de quem quer ver.

Se internamente a ANSR quiser fazer alguma coisa é com eles, quero é isto resolvido com as seguradoras, o guarda q se va encher de moscas q nem merece o meu tempo para apresentar uma reclamaçao contra ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paciencia
CBR 500R
avatar

Número de Mensagens : 847
Idade : 28
Localização : Lisboa
Mota/Modelo : Aprilia RSV4RR
Data de inscrição : 08/06/2013

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 3rd 2016, 12:31

Quanto à morada da carta ter que ser igual à do cidadao, acho que ja nao é assim.. As novas cartas de condução passam a ser "eletronicas", sem espaço para a morada, facilitando assim o processo de quando uma pessoa altera a morada fiscal.

E, se nao me engano, tambem vinha no mesmo artigo algo a dizer "As cartas que se encontrem em circulação, passa a ficar inválida a morada que lá estiver", ou seja, como se nao tivesses entao que alterar nada da carta.

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/vai_deixar_de_ser_preciso_alterar_a_morada_na_carta_de_conducao.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 3rd 2016, 15:31

gabriel20056 escreveu:
Quanto à morada da carta ter que ser igual à do cidadao, acho que ja nao é assim.. As novas cartas de condução passam a ser "eletronicas", sem espaço para a morada, facilitando assim o processo de quando uma pessoa altera a morada fiscal.

E, se nao me engano, tambem vinha no mesmo artigo algo a dizer "As cartas que se encontrem em circulação, passa a ficar inválida a morada que lá estiver", ou seja, como se nao tivesses entao que alterar nada da carta.

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/vai_deixar_de_ser_preciso_alterar_a_morada_na_carta_de_conducao.html

Já tinha ouvido falar disso, mas assim já tenho mais certezas.
Ver se esta semana já mando a carta (2ª via) para me devolverem o dinheiro, está quase a fazer 1 ano. Pois o caso dessa multa a condutora era a minha namorada, logo n é a proprietária do carro e logo a morada dela (mm q antes da nova lei) n tinha q ser igual à da viatura e multarem por incompetência mesmo. Mas se soubesse n tinha pago na altura, disseram q tinha q pagar em 48h e reclamar logo, assim fiz, mas pêlos vistos n tinha q pagar nada. Cada guarda/agente diz uma coisa diferente. Se nem eles sabem a lei como deve ser, como é q nós vamos saber!!!!?
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 5th 2016, 21:52

A novela continua, ontem tive que ligar para a minha seguradora se já tinham visto a minha reclamação. Responderam que sim que que "não havia nada de novo para mudarem a decisão". Passei-me e liguei para lá, o gestor que tem o meu processo um verdadeiro palhaço, chegou-me a dizer "o outro condutor pode fazer o que entender na sua faixa" qd lhe disse q as manobras têm que ser preparadas com antecedência mesmo que totalmente sozinho na via. Pedi para falar com o responsavel, uma sra bem mais acessivel e que sabe falar com o cliente, indicou-me que o auto da GNR se não está correcto tem que ser rectificado pela própria GNR. Ainda fiquei com umas coisas entaladas para dizer, então a minha seguradora não me tenta defender mesmo que seja culpado? Da mesma forma que um advogado de defesa tenta defender o seu cliente mesmo que as provas estejam contra ele? O advogado tem que arranjar formas de invalidar as provas ou n sendo possivel reduzir a pena apanhando algumas brechas.

A responsavel disse-me que eu tinha direito a apoio jurídico na minha apólice, respondi "se me defenderem tão bem como vocês estão a fazer estou bem tramado".
A outra companhia ainda estava a avaliar a minha reclamação.

Amanha vou à GNR falar com o comandante q n estava lá na terça á tarde. Estive agora a fazer o croqui à escala e algo n bate bem na posição do ligeiro. As medidas da largura da via, bermas e entrada da area comercial batem certinho logo posso considerar que as outras tb foram bem tiradas. Mas eu jamais iria fazer uma ultrapassagem, com ou sem traço continuo, com um veiculo ja tao fora da sua faixa e tenho a perfeita consciencia que ele n estava tão chegado ao eixo da via qd o comecei a passar.
Com base na triangulação do local onde ficou a mota o ligeiro está 2,5m antes do local permitido para a manobra, a esta distancia tb acho que já posso alegar que ele procedeu com uma manobra proibida para alem de perigosa certo?

Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 6th 2016, 10:04

Agora fiz com base na distancia/velocidade. O gajo pisou o traço continuo 8,5m antes do local.
Para além que no código da estrada diz que ao virar tem que ser o mais perpendicular ao eixo (uma viragem de quase 90º) e não uma diagonal 8,5m antes do local.

Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 12th 2016, 11:51

Sad Sad Sad Sad Sad Sad Sad
Estava aqui a arrumar umas fotos, buaaahhhhhhh

Os meus 3 amores!!! Very Happy Fotos de Maio. E já tinha uns planos ali para a pintura da carenagem lateral, como o guarda-lamas é preto, a tampa lateral tb, metade do deposito e o banco estava a pensar fazer a continuação do preto desde o guarda-lamas até ao banco. Teria que eventualmente depois alterar o livrete pois diz "Preto e outras" e da forma que estava já podia dar confusão na IPO/Autoridades, mesmo que todo o quadro e motor já tivesse pintado de preto.
Qualidade das fotos é a tanga do tlm pois o vermelho é bem mais vivo e forte do que aparece aqui, tem que ser dos baratinhos!!!



Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulo Laia-HULK
Fundador
avatar

Pendura : A maria

Número de Mensagens : 6463
Idade : 47
Localização : Lisboa - Amadora
Mota/Modelo : ex: cb500; ex: cbr900rr 1992; ex: cbr1000rr 2008
Comentários : TWO WHEELS MOVE THE SOUL
Data de inscrição : 25/09/2008

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 12th 2016, 15:50

Psonic

O mais importante é que tu estás cá!

Motos há muitas.

Eu sei que custa porque é o que gostamos e lutamos por ter as coisas.

As tuas rápidas melhoras
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 26th 2016, 13:04

A novela com a minha própria seguradora continua, não consideram nenhum argumento de defesa meu. Apenas olham para o auto da GNR, que já provei que tem diversas falhas, e tudo o resto ignoram.

Fiz o pedido de protecção jurídica que a minha apólice dispõe, como seria de esperar foi-me recusado pois "não tem viabilidade". Parvo sou eu em ainda pensar que os próprios advogados da Liberty iam-me dar razão contra a própria seguradora.

Entretanto já tive em contacto com a seguradora do outro que ainda nem decidiram da minha primeira reclamação (que não consta o croqui à escala ainda) mas que informei ao telefone que tenho mais provas sobre a manobra proibida do segurado deles. Não sei se apontaram alguma coisa no sistema, disseram para aguardar até ao final da semana e inicio da próxima.

A reclamação desde o primeiro dia já foi enviada para a CIMPAS, tenho que ver como adiciono estes novos elementos, o croqui à escala e fotos do local a provar as medidas assim como a recusa da minha seguradora em me dar apoio jurídico.

Após a resposta da seguradora do outro, que deverá ser a mesma, irei-me informar com um advogado. Eu sei q isto tem pernas para andar e que eu tenho razão. O que um agente de autoridade incompetente a levantar o auto faz...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulo Laia-HULK
Fundador
avatar

Pendura : A maria

Número de Mensagens : 6463
Idade : 47
Localização : Lisboa - Amadora
Mota/Modelo : ex: cb500; ex: cbr900rr 1992; ex: cbr1000rr 2008
Comentários : TWO WHEELS MOVE THE SOUL
Data de inscrição : 25/09/2008

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 26th 2016, 15:48

Nem me fales em seguradoras...

Tive um stress com a minha seguradora, por terem batido no meu enlatado, que estava devidamente estacionado, vai lá vai...

Estão sempre a "fugir" a ver se pagam o menos possível!! 

blabla
Voltar ao Topo Ir em baixo
PSonic
CBR 600F3
avatar

Número de Mensagens : 2498
Idade : 34
Localização : Aveiro
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K3 + Suzuki Zillion UX50, ex-CBR600FJ Hurricane '88
Data de inscrição : 26/01/2011

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 26th 2016, 16:47

Paulo Laia-HULK escreveu:
Nem me fales em seguradoras...

Tive um stress com a minha seguradora, por terem batido no meu enlatado, que estava devidamente estacionado, vai lá vai...

Estão sempre a "fugir" a ver se pagam o menos possível!! 

blabla

É verdade mas o que me faz mais confusão é que eu estou a tentar a ajudar a minha própria seguradora, ao mudarem a decisão para 50/50 tb irão pagar menos ao outro. Eu tenho uma previsão de 300€ (e já por cima) de danos no ligeiro, logo ao darem-me razão e apoiarem os meus argumentos e provas só iam pagar 150€.
Não entendo pq n me querem ajudar, parece-me que é um acordo interno entre as seguradoras já que a outra tem que me pagar bem mais. Mas porra o q são 750€ (50% do valor do valor comercial que atribuiram à mota) para uma seguradora? Fico mm triste, algo tão simples e um problema deste tamanho.

Nem sonho como será para seguros de morte/invalidez para pagar hipotecas e afins...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulo Laia-HULK
Fundador
avatar

Pendura : A maria

Número de Mensagens : 6463
Idade : 47
Localização : Lisboa - Amadora
Mota/Modelo : ex: cb500; ex: cbr900rr 1992; ex: cbr1000rr 2008
Comentários : TWO WHEELS MOVE THE SOUL
Data de inscrição : 25/09/2008

MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600 Outubro 26th 2016, 16:52

Já fizeram a peritagem à tua moto???

É que os peritos (pelo que eu sei), quanto menos pagarem de arranjo, mais prémio comercial recebem!! Há pois!! 

Para quem não sabe, fica a saber!!! 

bounce   rendeer   affraid
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Algum dia teria que ser, a primeira vez e logo RIP CBR600

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 9Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

 Tópicos similares

-
» primeira armadura de ikki.
» Primeira vez aqui!!
» Ford Mustang 79 - Primeira Montagem
» Shiryu de Dragão V2 (Bandai)
» #002 - Pescando a primeira carta!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
CBRportugal | Comunidade Motard :: COMUNIDADE :: Quedas & Acidentes-