InícioPortalRegistrar-seConectar-seTravessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag” LojaTravessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag” V-deosTravessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag” Fotos
Travessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag” Iy07r7

Ver as novas mensagens desde minha última visita
Ver minhas mensagens
Ver as mensagens sem resposta
Compartilhe
 

 Travessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag”

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
T@go
CBR 650
T@go

Pendura : ..............Sofia!!

Número de Mensagens : 5395
Idade : 44
Localização : Cascais
Mota/Modelo : Hornet
Data de inscrição : 01/05/2009

Travessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag” Empty
MensagemAssunto: Travessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag” Travessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag” Icon_minitimeAgosto 18th 2010, 08:04

Travessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag” 17082010travessiarussia

O “jet lag”, cujos sintomas estão normalmente associados a longas viagens de avião, desta vez atingiu os viajantes que integram o projecto “RUSSIA, THE WORLD’S LONGEST ROAD”. Aconteceu na etapa que ligou Erofey Pavlovic a Cita, num percurso de 757 km.

Aqui fica o relato da etapa:

“Algo começou a mudar à medida que começamos a descer para Cita, contornando a Manchuria chinesa. Atrasamos o relógio uma hora, passando de dez para nove horas a diferença horária com Portugal.

Mas mais do que isso, a monotonia da paisagem vacilou. A invencível taiga pareceu recuar e ficar para trás. Abriram-se clareiras, alargou-se o horizonte, apareceram serras e relevo no horizonte. Surgiram bosques e prados, montes cobertos por um tapete verde, quase artificial. Mas não, é com certeza um verde natural e feliz por estes dias de luz antes do rigor do frio que o queima e cobre durante quase todo o ano. Choveu, e tornou a chover. Alguns buracos fizeram sofrer os pneus e suspensões, para além dos cerca de 150 km de terra e pó, obras, maquinaria e alcatrão derretido.

O dia, que nos premiou com uns doces 12ºc, arrependeu-se, e fomos arrepiando no caminho até aos 7ªc do final do dia. A parte final da etapa foi dolorosa por causa dos últimos 250 km quase sinuosos através de serras baixas, batidos por lombas sucessivas e placas de alcatrão desniveladas, cegos pelas sombras e pelo sol que nos chocava de frente.

Chegamos a Cita quase de noite, o que quer dizer cerca das 22.30h. A enorme diferença horária, a mudança de horas consecutiva e o prolongar da luz do dia até tão tarde, baralham-nos constantemente os nossos relógios naturais, e por isso quase ficamos sem jantar. Um ar frio corria pelas ruas de Cita, enquanto procurávamos algo para comer.”

Para ver mais fotos da 4ª etapa clique aqui.

Para ver mais fotos da 3ª etapa clique aqui.

Para ver mais fotos da 2ª etapa clique aqui.

Para ver mais fotos da 1ª etapa clique aqui.

Saiba mais sobre estava aventura aqui na MOTOCICLISMO.



Fonte:Motociclismo
Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Travessia na Rússia: Uma etapa com “jet lag”

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
CBRportugal | Comunidade Motard :: GERAL :: Novidades do mundo motociclista-