InícioPortalRegistrar-seConectar-seHá sempre uma primeira, que por vezes é a última.. LojaHá sempre uma primeira, que por vezes é a última.. V-deosHá sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Fotos
Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Iy07r7

Ver as novas mensagens desde minha última visita
Ver minhas mensagens
Ver as mensagens sem resposta
Compartilhe
 

 Há sempre uma primeira, que por vezes é a última..

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
AjnSantiago
CBR 600F
AjnSantiago

Número de Mensagens : 1156
Idade : 38
Localização : Porto
Data de inscrição : 15/12/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 10:39

Boas a todos,

Como todos sabemos e estamos bem conscientes tamos sempre sujeitos a situações exteriores a nós de pura "burrice" ou puro "adormecimento" ao volante de certas e determinadas pessoas que se consideram "aptas" a conduzir.

Ora dia 06-08 às 19:30 tive um breve, infeliz e incapacitante encontro com uma dessas pessoas, de uns 51 anos, que de certa forma e comparando aqueles burros com palas ao lado dos olhos tem tudo a ver..

Ia eu na minha vida a não mais de 50, vejo um cruzamento com stop e um carro parado, até aqui ok, à medida que vou aproximando do carro vi o mesmo começar a arrancar e eu como tal desviei-me um pouco para o meio da via e começei a abrandar só em caso de a pessoa não me ver. À medida que me vou aproximando dela e ao verificar que a pessoa ficou "cega" tentei buzinar e travar ao mesmo tempo, infelizmente no momento que começo travar estou em cima de uma tampa de esgoto..

O resto.. bem o resto é história, roda da frente nunca mais a vi, caio para o lado esquerdo, moto segue em frente e bate diretamente na porta do condutor do carro, eu.. eu vou bater diretamente na moto e no carro (não sei bem).

Desculpa da condutora: Olhou para onde eu vinha, olhou para o sentido contrário (apareci eu neste momento), queria seguir em frente no cruzamento, logo não havendo "ninguém" decidiu acelerar e não olhar para mais lado nenhum.



Danos:

Moto -> desfeita, segundo a oficina - perda total (moto com 8 meses - 20 mil km).

Eu -> Fraturei a anca (fratura de 5X4.5cm) e "cortei" um rim a meio quase (tive ficar acamado durante 6 dias sem me mexer), mais uns bons hematomas do meu lado direito a nível do tronco / pernas e um ombro todo dorido.

Carro -> porta quase metida a dentro, a mulher teve sorte em não ter nada pois levou com a moto em cheio e depois ainda levou comigo.



Conclusão(ões):

Triste, é a conclusão mais apropriada que se pode chegar, triste mundo em que vivemos em que estas pessoas fazem estas merdas e ainda! ainda não se dão como culpadas.

Disse adeus a uma companheira fiel de muitos km's (ainda não tive coragem para a ir ver pessoalmente mas só de olhar para ela quando eu tive o acidente.. sem palavras..).

Se no fim de tudo as seguradoras não me dão razão a mim, vou partir tudo, acreditem no que vos digo.. além que, ninguém nem nada pode pagar o sofrimento que passei nestes ultimos dias e o que ainda vou passar..



Ironias:

1º - Voltei a casa para buscar produtos para ir limpar a menina (e tive para não o fazer pois estava meio cansado);

2º - Desci o elevador mas tive que voltar a casa pois esqueci-me das luvas de latex;

3º - Tive para parar e comprar tabaco nas bombas mesmo antes do acidente, pensei, paro mais à frente..

4º - Levava uma go pro a gravar no dia do acidente, ficou sem bateria e deixou de gravar 20 segundos antes de ocorrer o dito..

5º - Cheguei à conclusão que .. estava destinado, o que tem que acontecer tem muita força e foi a minha vez..



Apenas posso dizer: muito cuidado com os outros condutores, não sabemos o que anda aí, todos estamos conscientes do perigo e por muita vez passamos por "tangentes", mas quando acontece isto.. não é fácil, nem para nós, nem para a nossa família Sad Podia ter prevenido o acidente se mal tivesse visto o carro tivesse travado na altura mas .. estamos sempre a aprender algo novo..

Desculpem o testamento, não sou de escrever muito, mas neste momento não sei quando e se vou ter companheira novamente, agora quero é recuperar e o resto se verá com tempo.



Abraço a todos, boas curvas e muito cuidado por ai..

Armando
Voltar ao Topo Ir em baixo
RAMMSTEINER
CBR 600F2
RAMMSTEINER

Pendura : Rede de carga

Número de Mensagens : 1984
Idade : 35
Localização : Lisboa
Mota/Modelo : CBR125R JC50 - 2011
Data de inscrição : 09/06/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 11:17

Por muitos factores que consigamos controlar há sempre alguns que nos escapam.
Sem dúvida que tiveste azar mas também podia ter sido pior!
Acho uma hipócrisia as pessoas não conseguirem aceitar que cometeram um erro e que devem assumir todo o que resulta dos seus erros mas o ser humano é assim.

Epá e não penses nessas coisas de "eu era para ir por ali ou fazer assim e fiz assado" quem sabe se tivesses ido comprar o tabaco em vez de um carro era um camião...as coisas acontecem quando tem de acontecer e como tem de acontecer.

Se ela tinha o stop e avançou até pode vir o papa que da culpa não se safa se bem que para ti mesmo assim vai sempre ter um sabor amargo já que não te devolve a mota nem o corpo como dantes.

Força nessa recuperação!


Última edição por RAMMSTEINER em Agosto 15th 2012, 11:18, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
nunojorge7
CBR 400RR
nunojorge7

Número de Mensagens : 567
Idade : 52
Localização : Margem Sul
Mota/Modelo : GSX R 1000 K1 Black Mamba «----» Ex-Honda CBR 600F
Data de inscrição : 24/04/2012

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 11:18

Dassssssss que cena marada, mas é como dizes: quando tem que acontecer... Mas agora tens é que recuperar ao nivel da saude, e quanto á mota (sei que de fora é MUITO mais facil) lá haverás de combater a troika e comprar uma companheira ao nivel da que se finou!!
Força ai!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
BICA_1000K3
CBR 250
BICA_1000K3

Número de Mensagens : 217
Idade : 33
Localização : leiria
Data de inscrição : 07/08/2012

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 11:44

AjnSantiago escreveu:
Boas a todos,

Como todos sabemos e estamos bem conscientes tamos sempre sujeitos a situações exteriores a nós de pura "burrice" ou puro "adormecimento" ao volante de certas e determinadas pessoas que se consideram "aptas" a conduzir.

Ora dia 06-08 às 19:30 tive um breve, infeliz e incapacitante encontro com uma dessas pessoas, de uns 51 anos, que de certa forma e comparando aqueles burros com palas ao lado dos olhos tem tudo a ver..

Ia eu na minha vida a não mais de 50, vejo um cruzamento com stop e um carro parado, até aqui ok, à medida que vou aproximando do carro vi o mesmo começar a arrancar e eu como tal desviei-me um pouco para o meio da via e começei a abrandar só em caso de a pessoa não me ver. À medida que me vou aproximando dela e ao verificar que a pessoa ficou "cega" tentei buzinar e travar ao mesmo tempo, infelizmente no momento que começo travar estou em cima de uma tampa de esgoto..

O resto.. bem o resto é história, roda da frente nunca mais a vi, caio para o lado esquerdo, moto segue em frente e bate diretamente na porta do condutor do carro, eu.. eu vou bater diretamente na moto e no carro (não sei bem).

Desculpa da condutora: Olhou para onde eu vinha, olhou para o sentido contrário (apareci eu neste momento), queria seguir em frente no cruzamento, logo não havendo "ninguém" decidiu acelerar e não olhar para mais lado nenhum.



Danos:

Moto -> desfeita, segundo a oficina - perda total (moto com 8 meses - 20 mil km).

Eu -> Fraturei a anca (fratura de 5X4.5cm) e "cortei" um rim a meio quase (tive ficar acamado durante 6 dias sem me mexer), mais uns bons hematomas do meu lado direito a nível do tronco / pernas e um ombro todo dorido.

Carro -> porta quase metida a dentro, a mulher teve sorte em não ter nada pois levou com a moto em cheio e depois ainda levou comigo.



Conclusão(ões):

Triste, é a conclusão mais apropriada que se pode chegar, triste mundo em que vivemos em que estas pessoas fazem estas merdas e ainda! ainda não se dão como culpadas.

Disse adeus a uma companheira fiel de muitos km's (ainda não tive coragem para a ir ver pessoalmente mas só de olhar para ela quando eu tive o acidente.. sem palavras..).

Se no fim de tudo as seguradoras não me dão razão a mim, vou partir tudo, acreditem no que vos digo.. além que, ninguém nem nada pode pagar o sofrimento que passei nestes ultimos dias e o que ainda vou passar..



Ironias:

1º - Voltei a casa para buscar produtos para ir limpar a menina (e tive para não o fazer pois estava meio cansado);

2º - Desci o elevador mas tive que voltar a casa pois esqueci-me das luvas de latex;

3º - Tive para parar e comprar tabaco nas bombas mesmo antes do acidente, pensei, paro mais à frente..

4º - Levava uma go pro a gravar no dia do acidente, ficou sem bateria e deixou de gravar 20 segundos antes de ocorrer o dito..

5º - Cheguei à conclusão que .. estava destinado, o que tem que acontecer tem muita força e foi a minha vez..



Apenas posso dizer: muito cuidado com os outros condutores, não sabemos o que anda aí, todos estamos conscientes do perigo e por muita vez passamos por "tangentes", mas quando acontece isto.. não é fácil, nem para nós, nem para a nossa família Sad Podia ter prevenido o acidente se mal tivesse visto o carro tivesse travado na altura mas .. estamos sempre a aprender algo novo..

Desculpem o testamento, não sou de escrever muito, mas neste momento não sei quando e se vou ter companheira novamente, agora quero é recuperar e o resto se verá com tempo.



Abraço a todos, boas curvas e muito cuidado por ai..

Armando


em 2009 tive um acidente muito parecido ao teu, ainda deu para tar 1 mes de cama sem me mexer, uns dedos partidos joelho f@did@, queimaduras, etc..
so pra dizer k pra mim a certas pessoas que deviam ser proibidas de conduzir, não tem noção do que andam a fazer na estrada, por acaso safei me com muita sorte, mas ainda fim cerca de 100m de voo sem me recordar da pancada, isto por que a senhora com oculos de fundo de garrafão disse que não me viu, apesar de ter me consegui levantar do chão todo f@did@ a sorte dela foi k não consegui chegar ao pe dela fiquei estatelado no caminho pk as dores começaram a subir, senão tinha lhe cravado os punhos na fronha, a raiva que me deu na altura de ver a minha mota desfeita era bem capaz disso.. resumindo todo o cuidado e pouco apesar de não ser nenhum santo a andar na estrada!! boa sorte com a resolução do caso e as melhoras
Voltar ao Topo Ir em baixo
PedroF
CBR 500R
PedroF

Número de Mensagens : 843
Idade : 31
Localização : Margem sul
Mota/Modelo : CBR 600 RR 04
Data de inscrição : 18/06/2010

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 11:48

Epah que cena, realmente andam por aí muitos condutores que são um perigo. Já tive uma parecida mas no meu caso o Sr com os seus 50 e tal anos foi tmb em frente sem olhar e eu nem tive hipótese de me desviar. Agora ando sempre com bastante cuidado e não confio em ninguém! Acelerar, só mesmo qnd th a certeza que posso ou então em trackdays.

Desejo-te as melhoras, que recuperes a 100% e vais ver que tudo se vai resolver e daqui a uns tempos já andas a rolar novamente!

Abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ritinha
CBR 400RR
Ritinha

Número de Mensagens : 616
Idade : 41
Localização : Faro
Mota/Modelo : CBR600RR'05
Data de inscrição : 28/05/2010

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 15:12

Nesse aspecto tive mais sorte que tu... E foi precisamente por ter medo que a roda da frente fugisse que travei apenas ligeiramente, porque o impacto sabia que era inevitável... A distância era curta demais... Foi simplesmente deixar bater e esperar pelo melhor... Digo que tive mais sorte porque embora o desfecho para a mota tenha sido o mesmo que o teu, para mim foi bem diferente... Não fiquei mal, não parti nada, só hematomas mesmo e o condutor assumiu a 100%, bem como a seguradora... Nem podia ser de outra maneira...

Desejo-te rápidas melhoras e que corra tudo pelo melhor!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ruy
CBR 400RR
Ruy

Pendura : Sonia/Minimim :-P

Número de Mensagens : 502
Idade : 47
Localização : Lisboa
Mota/Modelo : Ex: CBR 1000/08 - Hayabusa K9
Data de inscrição : 30/03/2012

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 16:23

As melhoras companheiro .... Cena marada...
Voltar ao Topo Ir em baixo
tuta
CBR 500R
tuta

Número de Mensagens : 996
Idade : 42
Localização : Coimbra / Vila Nova de Poiares
Mota/Modelo : Suzuki Gsx 650F
Data de inscrição : 14/05/2012

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 17:26

As melhoras e que tudo se resolva pelo melhor. Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Kentera
CBR 600F4i
Kentera

Pendura : Kriss

Número de Mensagens : 3988
Idade : 34
Localização : oeSte
Data de inscrição : 08/09/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 17:37

que grande mer%$......

as melhoras para ti... os seguros podem ser um bom cagalhão se quiserem... aperta com eles ao máximo, a culpa não foi tua, foi de outro terror da estrada como há tantos por aí... a razão está do teu lado por isso tens de ter o que é teu por direito

quanto às "ironias"... não vale a pena pensar nisso... aconteceu e isso não muda, ponto final

vai dando noticias do processo

grande abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
RicardoP
CBR 600F2
RicardoP

Número de Mensagens : 1967
Idade : 30
Localização : Portugal
Mota/Modelo : Kawasaki ZZR 1400
Data de inscrição : 05/02/2012

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 20:34

espero que se resolva tudo em condicoes para o teu lado, nem posso imaginar como deve ser o sentimento que exprimes agora.

tudo pelo melhor
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dragon-dragon
CBR 600F3
Dragon-dragon

Pendura : todas as meninas que quisserem andar

Número de Mensagens : 2244
Idade : 39
Localização : espinho
Mota/Modelo : CBR 600 FSPORT
Data de inscrição : 15/03/2010

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 21:17

as melhoras companheiro.

se a outra condutora estiver a sair do stop não tens que te preocupar mas nunca facilites na seguradora
Voltar ao Topo Ir em baixo
mepes
CBR 250
mepes

Pendura : dizem que sou muito maçarico

Número de Mensagens : 243
Idade : 31
Localização : Atrás do sol posto
Mota/Modelo : ex----- -----------------–---------------------900rr sc28. GSXR1000 K1
Data de inscrição : 08/10/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 23:16

Bem que cena mais tola..

Não sei o que faria nesta situação se fica-se sem a minha velhota pelos mesmos motivos que tu sendo a culpa de outro condutor..

Mas tal como o pessoal diz, se ela tinha STOP ganharas a causa vais ver apesar de que estes processos demorem algum tempo a resolver.



As melhoras para ja que com o tempo tudo se resolvera
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wolfman
CBR 250R
Wolfman

Número de Mensagens : 319
Idade : 40
Localização : V.N.Gaia
Mota/Modelo : Suzuki GSX-R600 K5
Data de inscrição : 31/07/2010

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 15th 2012, 23:34

Antes de mais as melhoras, sei perfeitamente o que custa á pála de um que tinha pálas nos olhos fiquei sem o meu sonho de 3 anos, ao fim de 2 meses e apenas 1.000km´s feitos fiquei sem um Honda S2000, fui tecnicamente dado como culpado por promenores, mas na realidade não tive culpa.

Trata de ti e enquanto a situação esteja a ser resolvida não penses muito nisso e foca-te em recuperares, as melhoras e que tudo corra bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
SportSilva
CBR 400
SportSilva

Número de Mensagens : 421
Idade : 35
Localização : Almada
Mota/Modelo : CBF 600SA
Data de inscrição : 07/09/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 16th 2012, 00:38

Para esses que fingem que nao vem uma moto etc...ha 1 semana que nao os tolero
ou ficam sem retrovisor ou de vidro partido...
ja tenho muitos kms em cima, muitos mesmo...e todos os dias vejo aquela atitude do estilo "e mota que se lixe.ele e que se magoa" para mim nao da mas...vejo amigos e conhecidos a morrerem a minha volta...entao...esta e a minha resposta...
quem se porta mal...e punido...Não sou o perfect rider cheio de civismo e boa vontade, mas nao sou "fdp"

as melhoras velho...

P.s a minha definição de muitos kms é
só em trabalho este ano ja conta 42mil...
Voltar ao Topo Ir em baixo
black angel
Honda Monkey
black angel

Número de Mensagens : 9
Idade : 39
Localização : montijo
Mota/Modelo : Cbr 1000 rr 2006
Data de inscrição : 10/09/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 16th 2012, 11:08

as melhoras para ti companheiro, que recuperes o mais rápido possível
já se começa a tornar muito usual os condutores que fazem manobras perigosas e causam acidentes aos outros dizerem que não nos vêm, para mim é mais uma falta de respeito porque sabem que os danos fisicos para eles são menores do que para nós, enfim....
muita força;
abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dutch
CBR 400
Dutch

Pendura : depende da minha vontade!

Número de Mensagens : 449
Idade : 37
Localização : Amadora
Mota/Modelo : CBR600F & Shadow 1100C
Data de inscrição : 08/11/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 16th 2012, 13:02

As rápidas melhoras Armando! Se a mulher saiu de uma rua com STOP, é 100% culpada. Como diz o Kentera, não facilites, aperta com eles!
Grande abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
filduarte the priest
CBR 600F2
filduarte the priest

Número de Mensagens : 1602
Idade : 43
Localização : Vila Nova de Gaia
Mota/Modelo : CBR 600RR
Data de inscrição : 12/02/2010

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 16th 2012, 14:11

caneco.... sem palavras!

As melhoras e força na recuperação da tua saúde que é o mais importante.

Voltar ao Topo Ir em baixo
César Coriolano
Fundador
César Coriolano

Pendura : Mafa

Número de Mensagens : 8581
Idade : 42
Localização : Braga / S.M.Feira
Data de inscrição : 24/09/2008

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 16th 2012, 18:36

Situações que nenhum de nós se quer ver!
Mas infelizmente sabemos que é mais fácil do que o pretendido!

De acordo com o que relatas, tudo se resolverá a tei favor.
Contudo, nada disso irá apagar o sucedido.

As rápidas melhoras.
Grande abraço e força Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.cbrportugal.com
Lammazze
CBR 500R
Lammazze

Número de Mensagens : 984
Idade : 41
Localização : Porto
Mota/Modelo : CBR 600rr
Data de inscrição : 28/04/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 17th 2012, 11:02

hey companheiro !! espero que estejas melhor, e a recuperar em casa, já que o ambiente de hospital não ajuda muito !

Essas coisas que tu poderias ter feito antes para evitar o acidente... nem vale a pena perderes tempo a pensar nisso .
Se tivesses parado para comprar tabaco por exemplo, secalhar essa senhora teria deixado o carro ir abaixo vezes sem conta, não conseguiria arrancar, e tu, quando passasses no cruzamento, lá estaria ela na mesma, de palas nos olhos.

O que interessa realmente, é que recuperes, e que não te deixes intimidar pelos ferimentos que tiveste. Não é surpresa para ninguém que, de moto, os ferimentos podem ser graves.
E como também sabes.. podia ter sido pior . Bem pior. Verdade ? Wink

Quanto ao seguro ...
O desrespeito por um stop, não deixa margem para dúvidas.
Convém é teres total cuidado com os pormenores descritos, porque nos seguros , um pequeno pormenor altera todo o contexto de uma participação.

Se tivesses "na minha companhia" eu ia acompanhando o processo, assim... só te desejo que corra tudo pelo melhor. Vai-te mantendo atento, e procura teres uma boa conversa, não com o mediador, mas com o gestor do sinistro.

Um abraço e as melhoras !!
ligo-te breve !
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://www.facebook.com/ritualdosushi/?ref=hl
Angel
CBR 600F2
Angel

Número de Mensagens : 1539
Idade : 48
Localização : Charneca da Caparica
Data de inscrição : 30/09/2008

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 17th 2012, 14:22

As melhoras, e pensa que felizmente está aqui a contar o que se passou
Voltar ao Topo Ir em baixo
F1CT1C10U5
Administrador
F1CT1C10U5

Pendura : A Maria!

Número de Mensagens : 16101
Idade : 41
Localização : Casal da Silveira - Lisboa
Mota/Modelo : 2008 Honda CBR 1000RR '¹³'
Data de inscrição : 12/05/2009

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 18th 2012, 15:22

Fónix... granda m#$"a... Sad
As melhoras. Espero que tudo se resolva pelo melhor.

_________________________________________


1999 Honda CBR 600F: 02-02-2008 - 19-02-2010
2008 Honda CBR 1000RR: 19-02-2010 -
Voltar ao Topo Ir em baixo
anzol
CBR 600F4
anzol

Número de Mensagens : 2619
Idade : 18
Localização : PORTUGAL
Data de inscrição : 16/02/2010

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 18th 2012, 16:10

As rápidas melhoras.
Grande abraço e força Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Luz
CBR 400RR
Luz

Número de Mensagens : 547
Idade : 45
Localização : F. A. M. Õ. E. S
Mota/Modelo : CBR 600 RR 07 Ex- CBR 600F Ex - CBR 600F Sport
Data de inscrição : 06/07/2010

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 18th 2012, 16:46

Compreendo o que dizes em relação à tua mota...

Quando a vemos toda desfeita as dores que podemos vir a ter no nosso corpo são insignificantes comparadas com a dor de ver algo que adoravamos e gostavamos de conduzir destruída à nossa frente...

No ano de 2000 tive um acidente também num cruzamento, ela~tinha um sinal de stop e resolveu arrancar...

Conclusão a mota cortou o carro até ao meio do motor (ficou irreconhecível) e eu voei 50 mts e do acidente lembro-me de algumas coisas...

A minha sorte foi ter cerca de 50 testemunhas que afirmaram que a culpa tinha sido dela...

Consegui resolver as coisas com a companhia de seguro dela, e pagaram tudo incluindo os tratamentos hospitalares...

Hoje em dia a minha babe tem seguro com danos próprios, para em qualquer tipo de eventualidade estar sempre salvaguardada...

Espero que recuperes fisicamente sem grandes problemas, e depois e lembrar esta mota que pereceu, concentra-te na próxima, e aprende com os erros...

P.S - Quando tiveres um feeling segue-o, os feeling existem por alguma razão... É como se nos estivesse a dizer algo
Voltar ao Topo Ir em baixo
danielvc
CBR 125R
danielvc

Pendura : Ana

Número de Mensagens : 117
Idade : 39
Localização : Évora
Mota/Modelo : Em estudo!!!:D
Data de inscrição : 24/02/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 21st 2012, 16:50

É pá tenho um amigo meu que partiu a sua 600 rr dessa forma, aliás , partiram-lha... e a sra ainda disse que ele vinha depressa demais... do tipo tens um stop não paras e o outro é que vem depressa de mais... eu n dou hipótese e já uma vez persegui um gajo que me fez sair pra berma com a minha primeira cbr (1997) e só não o aviei porque um camionista parou ao mm tempo e evitou que lhe desse com o capacete na fronha... as melhoras e aperta com eles!
Voltar ao Topo Ir em baixo
LTmaverick
CBR 600RR
avatar

Pendura : Vai a pé como eu :(

Número de Mensagens : 4036
Idade : 33
Localização : Paredes
Mota/Modelo : Ex. NSR 50, Ex. kangshao 250, Ex. CBR 125 05, Ex. Suzuki RF600R 93, Ex. CBR 600 Custom, Actual GSXR 750
Data de inscrição : 07/06/2011

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitimeAgosto 26th 2012, 09:44

fiquei pasmado quanto ontem me contaram esta tua situação.. fogo.. nem sei o que dizer amigo..espero que tudo se resolva pelo melhor e que cures as feridas e que não fiques com mazelas para o resto da vida...já sabes que se precisares de alguma coisa podes contar comigo

abraço
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Empty
MensagemAssunto: Re: Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Há sempre uma primeira, que por vezes é a última.. Icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Há sempre uma primeira, que por vezes é a última..

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
CBRportugal | Comunidade Motard :: COMUNIDADE :: Quedas & Acidentes-