InícioPortalRegistrar-seConectar-seConstrutores dizem não às 1000 cc “Moto1” LojaConstrutores dizem não às 1000 cc “Moto1” V-deosConstrutores dizem não às 1000 cc “Moto1” Fotos
Construtores dizem não às 1000 cc “Moto1” Iy07r7

Ver as novas mensagens desde minha última visita
Ver minhas mensagens
Ver as mensagens sem resposta
Compartilhe
 

 Construtores dizem não às 1000 cc “Moto1”

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Pardal
CBR 600F3
Pardal

Número de Mensagens : 2310
Idade : 43
Localização : Baixa da Banheira
Mota/Modelo : Aprilia RSV MILLE R
Data de inscrição : 29/09/2008

Construtores dizem não às 1000 cc “Moto1” Empty
MensagemAssunto: Construtores dizem não às 1000 cc “Moto1” Construtores dizem não às 1000 cc “Moto1” Icon_minitimeSetembro 1st 2009, 01:32

Construtores dizem não às 1000 cc “Moto1” 310809gph
A polémica que se gerou em torno da possibilidade da classe de MotoGP poder vir a contar – para encher as paupérrimas grelhas da classe – com motos equipadas com motores de 1000 cc derivados de série em chassis protótipos, ao jeito da Moto2 – foi posta de parte este fim-de-semana.
Os protestos formais e ameaças de retaliação por parte dos responsáveis do Mundial de SBK terão ajudado, mas o certo é que, na reunião entre a Federação Internacional de Motociclismo (FIM), a Dorna e a MSMA (associação de construtores), estes últimos colocaram, felizmente, de lado esta probabilidade, e apresentou-se uma solução:
A partir de 2011, os construtores envolvidos em MotoGP comprometeram-se a criar meios para fornecer motores protótipos de 800 cc à equipas que queiram ingressar na classe que, por seu turno, terão de desenvolver chassis próprios – um pouco como fez a equipa de Kenny Roberts, quando equipou as suas KR com motores Honda, ou muitos outros pequenos construtores ainda na época das 500 cc, como a ROC ou a Harris.
Espera-se que os motores sejam fornecidos a preços razoáveis, e não serão de esperar alterações no regulamento técnico, uma vez que os blocos de 800 cc serão idênticos aos actuais, e as restrições ao número de motores a utilizar já entraram em vigor desde o G.P. da República Checa.

MADE IN MOTOCICLISMO
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.myspace.com/miguelcbr
 

Construtores dizem não às 1000 cc “Moto1”

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
CBRportugal | Comunidade Motard :: COMPETIÇÃO :: MotoGP & Superbikes-