InícioPortalRegistrar-seConectar-seO Caminho de Mota Para a India  - Página 11 LojaO Caminho de Mota Para a India  - Página 11 V-deosO Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Fotos
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Iy07r7

Ver as novas mensagens desde minha última visita
Ver minhas mensagens
Ver as mensagens sem resposta
Compartilhe
 

 O Caminho de Mota Para a India

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 7 ... 10, 11, 12, 13, 14  Seguinte
AutorMensagem
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeOutubro 30th 2015, 17:42

Existem Milhares de macacos na beira das Estradas, impressionante 


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC00009


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC00016


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC00017


Hora do Black Tea, especialmente feito só para mim que eles aqui tem por habito misturar Leite 
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC00018


Descanso.... 
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC00019


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC00021


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05910


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05913


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05915


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05933


Vegan, comida na beira da Estrada, aqui almoçasse por 60/70 Rupias, à volta de 1€ 


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05938


Hora de Ponta..
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05944


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05950


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05963
Voltar ao Topo Ir em baixo
ZéPiqueno
CBR 600F
ZéPiqueno

Número de Mensagens : 1041
Idade : 35
Localização : Lisboa
Mota/Modelo : Suzuki GSXR 600 L0 | ex - Kawa Ninja 250R
Data de inscrição : 07/08/2012

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeOutubro 30th 2015, 18:20

As tuas viagens davam um excelente documentário para a televisão!

Admiro muito a tua capacidade de explorador, não sei se me aguentava numa coisa assim, esquisito como sou para comer hehe!

Continuação de boa viagem!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeOutubro 30th 2015, 19:36

ZéPiqueno escreveu:
As tuas viagens davam um excelente documentário para a televisão!

Admiro muito a tua capacidade de explorador, não sei se me aguentava numa coisa assim, esquisito como sou para comer hehe!

Continuação de boa viagem!

Ha sempre uma primeira vez para tudo, agora sou desde ha quase 20 dias vegetariano Vegan e Hindu, portanto nada de Álcool, tasssssse bem, a parte Vegan é interessante, estou a gostar mesmo muito sim senhor
Voltar ao Topo Ir em baixo
R.MOTA
CBR 600F2
R.MOTA

Pendura : Raramente tenho...

Número de Mensagens : 1737
Idade : 35
Localização : Por todos os lados...
Mota/Modelo : HONDA CBR 1000 RR 2008...
Data de inscrição : 31/03/2012

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeOutubro 30th 2015, 20:15

Realmente os teus decomentários assim como as tuas fotos são sempre bom de se ver e ler...
Uma viagem dessas desse tamanho com tanto coisa para ver e descobrir e fascinante...
Continuação de boa viagem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 1st 2015, 16:12

Sentado na beira da estrada à espera que pare de chover, sozinho, (parece impossível) estou no estado de Kerala, estamos em época de eleições, hoje há campanha eleitoral, imaginem a festa que vai aqui pela rua é de longe a India mais bonita que pude ver, depois de Bangalore tudo é diferente, sempre a melhorar e aqui nesta região atinge-se a plenitude , maravilhoso sem Duvida alguma, tenho dificuldade em expressar na escrita o meio ambiente em que estou envolvido, não sou um gajo catedrático e arte para escrever é coisa que escasseia-a, porem, tenho pena de não conseguir meter no papel aquilo que eu e a minha mota vamos vendo e vivendo Juntos por estes mais de 1000kms entre montanhas pelos estados do Tamil e Kerala, esta índia eu já tinha visto na televisão mas sinceramente tardava a encontrar, quando cheguei a Mumbai há cerca de 20 dias optei por ir para norte, parece-me opção acertada, primeiro porque o tempo tende a piorar a norte e assim pude por la andar ainda com temperaturas muito agradáveis, depois porque se tenho optado logo pelo sul seria talvez mais difícil daqui sair, já tinha tido a experiência de ver animais de grande porte ao vivo em África , alias, levei uma seguida de um elefante no Quénia como já contei varias vezes, o que me permite aqui encarar as coisas de outra forma, nestas reservas naturais entre o estado do Tamil e Kerala podemos apreciar da estrada publica os elefantes em estado selvagem, Búfalos, gazelas, enfim sei la mais o quê de animais, e podemos apreciar também os povos que nesta região habitam e que usam os elefantes para trabalhos diários, impressionante e depois com isto tudo estamos envolvidos numa flora fantástica com um parque onde estão as mais altas arvores de toda a India, impressionante, e de uma quantidade de aves exóticas que nunca tinha visto sem ser em reservas especificas, ate os morcegos parecem gaivotas, mas aqui não, aqui esta tudo “à mão de semear” agora imagino o que podemos ver quando integramos uma destas expedições para turista ver onde tem como parte principal o ver os tigres em estado selvagem….não fui ver tigres, não estava para ai virado ate porque corre por aqui um “zumzum” que ontem ou coisa do género um deles limpou parte de uma criança, não me foi bem explicado porque convém turista não saber destas coisas, e até acho bem, são assuntos internos que a mim pouco ou nada interessam, uma coisa é certa, no mato não parei a fumar uma cigarrada nunca vá o diabo tece-las…. Mas voltando à estrada que isso é que interessa a um viajante ignorante nestas matérias hoje pensei em comer frango, quero deixar de ser Vegan, vai dai que nestes estados comesse tudo (salvo seja) e então vai um arroz com frango ao almoço, puro engano, não percebi se é por ser ao domingo ou porque estamos em alguma época mais festiva mas foi-me explicado que frango só à noite, portanto carne só à noite, aqui há carne com fartura, todas qualidades, ate Búfalo pendurado nos talhos da beira da estrada, no estado de Kerala não há Vacas à solta, alias, nem vacas nem lixo, nem Miséria, longe de Agra, Deli ou Varanasi onde isso faz parte da cidade …aqui devem ter enviado isso tudo la para mais a norte, aqui as vacas que se cuidem que vai tudo para o talho!!!! Como alguns sabem nutro grande simpatia pela religião Islâmica, aqui na India e principalmente neste estado onde estou todos vivem em perfeita harmonia (aparentemente pelo menos) então podemos escolher entre restaurantes e cafés dentro destas varias categorias, se podemos assim chamar, eu neste caso dou preferência aos restaurantes e cafés de Muçulmanos, são pessoas diferentes, os outros são igualmente pessoas muito afáveis mas o Islâmico é diferente, pelo menos eu sinto isso para comigo talvez por eu estar de alguma forma mais habituado a lidar com eles….
Ontem em Gundlpet onde fiquei num resort bem á maneira que deu para dormir com a Mota à porta do quarto e tudo só para terem uma ideia foi a primeira noite que dormi mesmo 100% descansado, havia por ali perto uma qualquer festa de trance ou qualquer coisa psicadélica, vi passar vários autocarros cheios de malta e o som bem a bombar la dentro, e com um pormenor, dentro do autocarro era tipo discoteca, alto som e cheios de luzes, portanto a festa para onde iam tinha já começado há muito dentro do Autocarro, assim esta, assim da gosto ir a uma festa, não há cá esquemas da bofia e coisas do género, aqui é sempre p´ra frentex ….. Brutal, querem é festa e sendo assim façam-se festas….e por falar em festas por hoje ficamos por aqui em Tissur, não é que eu saiba de alguma festa, nada disso, e se soubesse também não ia já se sabe que não me meto nisso e amanhã provavelmente vou ale ali a Cochim, já o meu pai dizia que os padres são “filhasdaputa” lembrei-me hoje destas coisas que o meu pai dizia e acho que ele tinha razão, os gajos andaram por aqui, aqui existe um forte Português e umas igrejas velhas, hoje que é dia de todos os santos, lembrou-me agora o Ze Inácio do Silval que acabou de me telefonar, e por acaso o meu sogro também faz anos neste dia, Parabéns para ele, falava eu dos Padres, e tal como o Saudoso José Vilhena Dizia “esses Pulhas” chegou realmente à conclusão que essa rapaziada da batina escolheu a dedo os locais onde fazer Igrejas e Casa do género, tudo sempre à beira mar e nos melhores locais, que raio de coincidências estas onde o Vasco da Gama atracou, atracou sempre em sítios Brutais…disso não haja Duvida Alguma
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 FZRibYl6kYNKgcB5eyvhRIsU0Mg0N7eQ1ZXzyjlxi3DJ=w737-h553-no


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC00513


https://plus.google.com/photos/103126716119599396721/albums/6212169457384251153
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 1st 2015, 16:19

Mais algumas fotos que vou conseguindo descarregar, não é facil, aqui a NET é lenta 

https://plus.google.com/photos/103126716119599396721/albums/6212169457384251153
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 1st 2015, 17:19

Sinto que não conseguiria dormir descansado sem partilhar convosco mais meia dúzia de fotos, levam sempre mais de uma hora a carregar mas paisagens destas que um gajo quando se levanta de manhã para ir andar de mota vai logo disfrutando merecem ser partilhadas, quem viaja tem por obrigação partilhar com quem gosta também de viajar , eu como gosto de ver fotos de outros amigos também sinto que gostam de ver as minhas e por isso partilho com muito gosto, estes foram alguns dos meus cenários de hoje de manha, foram à volta de 500kms num total de 1000 pelas montanhas deste estado de Kerala e Tamil, região alta do sul da India, região de entre muitas  agriculturas predomina o chá, a cana de açúcar entre mais um sem numero de coisas boas de se ver beber, comer, e ate quem sabe de fumar….hoje ao jantar enquanto deixei mais umas fotos a carregar tive uma agradável conversa com umas senhoras ca da terra, depois de lhes explicar os meus caminhos ate à India salta logo uma questão colocada por uma delas….” É de Portugal?! Conhece Fátima?!”...Ah e por aqui ja hoje me falaram no Ronaldo umas 10 Vezes!!!! 


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC00400


https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1012694198792579.1073741895.172074576187883&type=3&uploaded=73
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 1st 2015, 19:49

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05677


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05703


Completamente Admirados Com a Minha Mota !!!!! 
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC05769
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 4th 2015, 11:42

Chegámos a Kappad, da Raposeira a Kappad são 21.000kms
Quando em 9 de Junho de 2013 ás 9h45m tive um acidente perto da Batalha achei que algo de terrível tinha acontecido comigo, deitado no chão aos gritos com dores em todo o lado pensei por momentos que tinha ficado sem o meu braço direito, não o via nem o sentia, estava atras da minha cabeça, pedi a um amigo (o 15 da Benedita) que tinha chegado ao local naquele instante para ver onde estava o meu braço e disse-me que estava atras da minha cabeça, pedi para me dar o meu braço e coloquei-o em cima do meu peito, porem, vi que se segurava mas estava completamente moído, vi logo que ali não estava coisa boa e só queria que os Bombeiros chegassem depressa para me darem alguma coisa e me pusessem a dormir para ver se deixava de ter dores, dores que jamais tinha tido na vida, impossível de descrever mas mesmo ali naquele local deitado no chão veio logo um pensamento à minha cabeça, um amigo do Porto tinha tido um acidente uns meses antes na Mauritânia e quem era eu para me estar a queixar sabendo que era uma questão de minutos ate chegarem os primeiros socorros sabendo eu que esse amigo estava em pleno deserto e sem grande assistência, agradeci de imediato a Deus por aquele meu acidente ter sido ali naquele Local, afinal podia ter sido em qualquer parte de um qualquer país mais ou menos distante e sem qualquer tipo de assistência e sozinho como foi o caso do nosso amigo do Moto Clube do Porto, o Moto Clube do Porto teve a Nobre iniciativa de depois repatriar o seu Socio e Amigo desde a Mauritânia ate ao Porto para puder ser assistido em condições e assim salvarem-lhe um importante membro do seu corpo, nesses mesmos minutos que estava no chão pensei nisto tudo, quem já esteve estendido no chão depois de um acidente sabe que a nossa cabeça pensa em tudo em questão de segundos e nesse mesmo período de tempo fiz duas promessas a mim mesmo, quando pudesse pediria ajuda a todos os meus amigos para ajudarmos nos custos que o Moto Clube do Porto teve para ajudar o seu Socio e amigo, e assim foi, fiz um peditório de dinheiro num jantar de um grupo de Motociclistas, o BMW CKLT  e juntamos logo ali 380€  depois lancei o meu pedido a outros Grupos de Motociclistas e amigos através da Internet e muitos contribuíram para a conta do Moto Clube do Porto , a todos vocês meus amigos mais uma vez o meu muito Obrigado, e a seguir fiz uma festa em minha casa com os amigos que puderam comparecer e voltamos a juntar à volta de 1400€ Muito Obrigado a todos por ter contribuído para alguém que eu pessoalmente não conheço mas que é um nosso Irmão das Motas, a outra promessa que fiz la deitado no chão foi que quando recuperasse o meu braço faria logo uma viagem de Mota, percebi com o passar dos dias no excelente  hospital de Leiria repleto de excelentes profissionais que a minha lesão era gravíssima ate que enchi-me de coragem e perguntei ao medico quando voltaria a andar de Mota ao que ele me respondeu “Voltar a Andar de Mota?!..Esqueça lá isso”…..Pensei logo para comigo….
 – Esqueço la isso?! Como assim?! 
E nunca mais perguntei nada a ninguém sobre a minha lesão, simplesmente não queria saber o que tinha porque já tinha percebido que não tinha coisa boa e deixei andar, sempre dedicado à minha recuperação e sempre dedicado ao meu medico, pedi ajuda ao Drº Rodrigo Ribeiro para me ajudar no processo burocrático com a companhia de seguros, o Rodrigo ajudou-me de imediato e quando fui operado pela segunda vez já a companhia de seguros assumiria todas as despesas, Ao Drº Rodrigo Ribeiro aos meus sinceros e inesquecíveis agradecimentos e assim andei durante dois meses, duas operações e muitas idas ao Medico, um excelente medico, de poucas falas é certo mas sabia do que estava a fazer, nele acreditei, acreditei nele e na Instituição que me acolheu, o Centro Hospitalar de São Francisco (nem de propósito se for São Francisco Xavier) ao Dr. José Mousinho (que jamais vai ler este texto seguramente) os meus sinceros e profundos agradecimentos e ao fim de dois meses o Dr. Mousinho disse-me…
”Agora esta na hora da Fisioterapia”
Durante estes dois meses comecei a sentir que a família e os amigos mais chegados à minha volta sabiam de qualquer coisa que não me queriam dizer, porem, também nunca lhes quis perguntar…simplesmente não me interessava o que eu tinha no braço, a mim só me interessava estar a ser excelentemente bem tratado e a sentir que não estava a retrogredir, mas sim a avançar, muito lentamente é certo, o que já não era mau de todo, sempre recusei ser visto por outros especialistas de Ortopedia, acreditei sempre no meu Medico, durante estes dois meses nunca dormi na minha cama, dormia duas horas por noite numa cadeira de baloiço e comprei uma cama articulada onde dormia mais duas horitas por noite ate que as dores quase insuportáveis já não me deixavam dormir mais, salvava-me as bombas do Vimeiro, um café na minha terra que abre cedo, assim ia logo para la de manhã antes da minha mulher e filha se levantarem, não queria incomodar ninguém com as minhas dores e as vezes que chorei sozinho fi-lo sempre na minha privacidade total, não queria incomodar ninguém já sabendo que todos à minha volta sofriam tanto ou mais que eu, eu sabia que eles sabiam que eu tinha uma merd@ qualquer fodida de recuperar…… Mas caguei , hei de recuperar, pensava eu e voltando então ao dia que o Dr. me mandou para a Fisioterapia la fui eu ,  durante estes meses tive de ouvir de tudo o que alguém no estado em que estava não gosta de ouvir “ai coitadinho que vai ficar aleijadinho, agora quando fores para a fisioterapia é que vais ver o que são dores e sofrer, vais chorar baba e ranho” …..Filhos da put@, pensava eu, sabem la as dores que tenho desde há dois meses e as que tive no local do acidente! Mas enfim, mesmo com um braço que particamente não o mexia dava-lhes o respetivo desconto de ignorantes na sua totalidade e seguia a minha vida fazendo tudo com a mão esquerda, limpava o cu com a mão esquerda, comecei a mexer no rato do Computador com a mão esquerda (coisa que ainda hoje faço) enfim, e mais uma seria de coisas simples que deixei de fazer porque só tinha uma mão, para, por ex., abrir um pão para fazer uma sandes tinha de pisa-lo com um pé e com a mão esquerda abria-o e assim fazia as minhas sandes, o mesmo fazia para abrir uma lata de atum por ex.….Enfim, montes de coisas simples que só depois de não ter um braço operacional dei conta delas…mas voltamos à fisioterapia que foi outro assunto que tive de lutar sozinho, quase todos à minha volta tinham uma opinião sobre um determinado centro de fisioterapia muito bom e tal, todos os centros eram bons menos aquele para onde eu pensava ir…sendo assim é mesmo para este que eu vou, é no mesmo local onde fui tratado ate agora e é neles que vou confiar e assim foi, tive a minha primeira sessão no dia 12 de Agosto de 2013 confesso que ia todo a tremer de medo, afinal diziam que eu ia ter dores de morrer e que os fisioterapeutas são uns “Filhasdaputa” que aleijam os pacientes e sendo assim ia preparado…..
– Se os gajos me aleijarem mando-os já para o “Caralhoqueosfoda”  
E la cheguei em vez de um gajo estupido como diziam ou de uma velha manhosa era uma gaja boa…olha que porreiro e no primeiro dia pouco ou nada fizeram (aos meus olhos de ignorante claro está) mas uma coisa é certa, não me fizeram doer nada de nada, umas massagens suaves e umas toalhas de água quente, e assim foi durante mais ou menos um mês.
 O ambiente no Centro era excelente, conversávamos todos, brincávamos, havia sempre alguém que trazia uns bolos e tal e ás vezes ate uma garrafita de Ginja (mas isto é proibido no Centro de Recuperação) ….E ao fim de um mês enchi-me de coragem e perguntei à Dr.ª Marlene Azinheiro (a tal gaja boa) …Oiça lá quando é que eu posso começar a andar de mota?! Nesta altura já sentia fortes melhorias, ainda não fazia nada com a mão direita é certo mas notava isto a recuperar, devagarinho, devagarinho mas estava a recuperar, todos os dias notava uma melhoria ate que ao fim de três meses depois do acidente voltei a dormir na Minha cama, consegui pela primeira vez em três meses deitar-me ao comprido isso para mim foi uma coisa que não tem explicação, apesar do pulso ainda completamente morto, caia para todo o lado, já não tinha praticamente dores nenhumas, tinham sido três meses de sofrimento que agora estava a passar…Finalmente, e voltando a questão colocada de quando voltaria a andar de mota a Marlene não me quis dizer, mas insisti, e voltei a insistir…
-Diga-me só por alto mais ou menos….
Mas ela nada, só dizia que “vai demorar muito tempo”….
E tanto insisti que ela me disse ….”Para começar assim por alto 3 meses!!!!!” 
Caiu-me tudo ao chão, ia morrendo logo ali…
-Três meses?! Então mas estamos em Setembro e eu em Novembro tenho combinado com um amigo de ir a Marrocos de Mota….
“Nem pense Nisso “ Disse a Dr.ª Marlene …..
Porra, se calhar só volto a andar de Mota para o ano, pensei eu….
 E entretanto num destes dias de fisioterapia perguntei-lhe
-Então oiça la o que é que eu tenho afinal?
“Tem uma lesão grave no Radial….”
Como não sabia o que era essa porra do radial calei-me e quando cheguei a casa fui ver à Net o que raio era isso do Nervo Radial…e fiquei chocado com aquilo que li, porem, pensei logo…Ainda bem que eu nunca quis saber o que tinha, só ia atrapalhar o meu sistema e em nada ia adiantar a minha recuperação…todos os dias depois de sair do Centro trabalhava em casa com umas bolas de bicos e de esponja e metia gelo no braço, era o meu trabalho a Fisioterapia, no fim do ano de 2013 deixei o meu trabalho que tinha na área da cosmética capilar, foi quando percebi que tinha aqui “pano para mangas” por muito tempo e dediquei-me por inteiro ao meu novo trabalho, agora era Fisioterapista Profissional (inventei esta classe trabalhadora e tudo) este era o meu novo trabalho desde há 6 meses, o acidente tinha sido em 9 de Junho de 2013 e estávamos no fim de Dezembro de 2013…. Todos os meses tinha uma consulta com o Dr. Mousinho, umas radiografias e tal e mais um mês de fisioterapia, comecei a apanhar o jeito à coisa, primeiro achei que como profissional dedicado que era não tinha que estar uma vez por mês uma hora ou duas à espera do Medico, sendo assim pedi ao Nuno Mendes (meu amigo e chefe das gajas e daquela porra toda das marcações la do Centro) para fazermos ali um esquema que aquilo assim não estava com nada, e assim foi, dali para a frente passei a ser sempre o primeiro a ser atendido, ser profissional é outra coisa, depois achei que como profissional e trabalhador dedicado que já era também tinha direito a Ferias, e assim foi outra vez, comecei a pedir umas ferias ao Medico e à Fisioterapeuta, assim o Dr. Dava-me por ex. 30 e poucos dias de baixa e 20 sessões de fisioterapia , dava sempre para um gajo ir metendo umas folgas isto tudo com a concordância da Dr.ª Marlene , fui à Madeira de ferias, fui a Angola de Ferias,etc. etc. e entretanto já tinha também trocado os meus horários da Fisioterapia, primeiro comecei a ir de manha com aminha mulher que ia trabalhar e levava-me, depois vinha para casa na “camioneta da carreira” mas com a recuperação a avançar a olhos vistos comecei também a deitar-me mais tarde e levantar-me cedo de manhã tá quieto, as noitadas e a copofonia também merecem ter o seu tempo e já que eu tinha tempo para isso fui dando largas as minhas noitadas e passei a ir de tarde à fisioterapia,   enfim, fartei-me de andar por ai mas sempre todos os dias fazia a minha sessão de fisioterapia, mais que não fosse a beber umas imperiais no café do Silval que levantar o copo com a mão direita também é fisioterapia, e lembro-me que  numa destas alturas que fui ao Medico voltei a perguntar-lhe 
-Então como esta o meu braço?
-Esta a recuperar Bem sim senhor
-Quando acha que volto a andar de Mota?
-Epá…andar de mota?! Isso esta mais difícil (disse o medico)
Ao que eu respondi de imediato….
-Óh Dr. olhe que eu quero ir ate à India quando Recuperar para realizar um sonho já antigo…
E Ele disse-me…..
-À India?! Você é Muito Otimista!!!!! 
…E continuámos nas visitas mensais ao Medico e nas sessões diárias de Fisioterapia durante mais uns meses e Numa destas Consultas rotineiras em que eu com o medico já era “tu cá tu lá (com o devido respeito é certo) e mais uns dias de ferias e tal” diz-me ele ao Chegar ao Consultório e eu estava à frente de todos os outros pacientes claro está, para ser o primeiro a ser consultado o medico viu-me a atar as botas…..
Dizem naquele centro que nunca tinham visto o Dr. Mousinho a rir-se para ninguém…mas ele riu-se para mim e à porta do Consultório à frente de tudo e todos disse-me….
”Você já consegue atar as botas!!!!!!!!”
Eu Ri-me e nada disse, entrámos os dois para a Consulta e conversamos ali um bocadinho e tal, fomo-nos rindo ao que ele me disse…..
“Sabe João, Vou Ser Sincero Consigo, Nunca Acreditei Na Recuperação Do Seu Braço”  
-Ai Sim Dr.?!
-Sim, é verdade, Nunca acreditei, sabe que temos alguns amigos em comum que vieram naquela altura perguntar-me sobre o seu estado clinico, fui sincero e disse ao meu colega Também Ortopedista , amigo dos Seus amigos, que dai não se esperava grande coisa mas agora vi que me enganei….Sabe João isto não é uma ciência exata e fico contente por ver o seu trabalho e o da sua fisioterapeuta, vocês fizeram ai um grande trabalho sim senhor, os meus parabéns aos dois….
Ao que eu respondi… -Então mas o Dr. também teve grande contribuição nisto tudo
- Eu não, só fiz o que tinha a fazer, inclusive tinha pensado de fazer uma terceira cirurgia desta vez ao Nervo mas você esta recuperadíssimo, agora é continuar a trabalhar na fisioterapia.
E assim foi, por la continuei mais uns meses bons, voltei depois a andar de Mota pela primeira vez no dia 9 de Março de 2014, precisamente 9 meses depois de ter tido o acidente, fui ate São Pedro de Moel mais o meu amigo Rui Coito à Assembleia Geral do Meu Motoclube (BMW Motoclube de Portugal) e senti-me porreiro, mas fui com medo e devagar, ainda não tinha força suficiente para levantar a mota do Chão de fosse necessário por ex. A partir desse dia comecei a ir de vez em quando de Mota para a Fisioterapia…já era uma grande vitória nossa, minha e da Dr.ª Marlene Azinheiro, foram 17 meses de Fisioterapia no total e 19 meses de baixa médica hoje felizmente e graças a Deus ando a realizar o meu sonho e a minha promessa de fazer uma viagem quando recuperasse o meu braço, Estou em Kappad a escrever estas linhas, calhou aqui, não tinha nada de planos onde escrever sobre este assunto mas tinha trazido comigo esta Cartolina e um marcador para escrever esta frase de agradecimento à Dr.ª Marlene e ao Dr. Mousinho, em Agra Escrevi isto na Cartolina e tinha pensado se em Kappad tivesse acesso a este marco histórico com a Minha Mota tiraria uma Foto com ela e com o cartaz senão tinha de arranjar outro local emblemático, assim foi, deu aqui mas pode ser que ainda tenha acesso a outros emblemáticos locais para tirar mais fotos com a mota e com este cartaz….Vamos a ver, Que Deus me Ajude a mim e à minha Mota 
A todos os que tiveram paciência para ler estas Linhas os meus sinceros agradecimentos, muitos de vocês que estão a ler isto mesmo sem saberem tiveram também parte importante na Recuperação do meu Braço
Obrigado a Todos 


Kappad ao 3º dia do mês de Novembro de 2015 do ano da Graça de Deus Nosso Senhor

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC01094

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC01098

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC01107
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 4th 2015, 14:48

Coisas Lindas que a Índia tem, ontem fiquei no Resort Vasco da Gama em Kappad, tinha de ser, fazia parte, hoje fiquei no Resort Summer Sands, também faz parte e fui dar um mergulho.... tal e qual como fizeram os nossos antepassados, porem, reza a história que eles fartinhos de andar no mar ferravam-se nas nativas, essa parte eu não fiz claro está.....


https://plus.google.com/u/0/photos/103126716119599396721/albums/6213299840971013281


https://plus.google.com/u/0/photos/103126716119599396721/albums/6213280415596064993


https://plus.google.com/u/0/photos/103126716119599396721/albums/6213277787902208577
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 6th 2015, 04:32

Como em qualquer pais do mundo esta rapaziada cá das Índias temos de estar sempre com a pestana aberta, pior, muito pior que circular no transito por vezes caótico outras vezes temos de estar de pestana aberta porque a grande maioria desta rapaziada não tem noção do que é respeitar o próxima, quem tem um carro maior ou um carro melhor é que tem prioridade, devem seguir no transito essa questão das castas tal e qual como fazem no dia a dia, então estão sempre à espreita para enganar o turista tal e qual como os macacos que estão sempre à espreita para roubarem alguma coisa esta malta é igual, todos os dias me tentam, roubar umas rupias, por ex, compro um maço de cigarros que custa à volta de 1.10rupias, alguns pedem 1.20 outros 1.40 como exigem o dinheiro adiantando de seguida peço-lhes o troco, fazem de conta que não percebem....mas devolvem, depois digo-lhes que ja estou na Índia há uns dias, um dia destes fui carregar o telefone o indevido ficou com 20 rupias para ele, disse-me que era "taxa" e eu expliquei-lhe que não era taxa nenhuma porque no dia antes eu tinha carregado o telefone e não paguei taxa.... no dia que comprei o cartão sim em Damão deixei dinheiro para me carregarem o telefone, era necessário e o telefone leva 3 dias a Activar deixei la 200 ou 300 Rupias só me activaram o cartão, o que já não foi mão, antes pelo contrario, mas os 200 ou 300 Rupias ficaram com elas para eles, claro que muitos destes pequenos roubos simples é certo são à frente de outras pessoas, algumas mais velhas e os mais velhos parecem seguramente gente muito mais seria, compreensiva, educada e Honesta, então quando me estavam a roubar faço sempre questão de dizer que sei que me estão a roubar e os mais velhos dizem-lhes sempre qualquer coisa, um dia destes em Kappad deixei a mota no resort e fui trocar dinheiro, fui num Tuku Tuku, perguntei ao gajo quanto era (aqui os taxímetros nunca trabalham) o tipo diz-me que para um determinado local era 20 Rupias e para outro eram 100, ora como eu sabia as distancias fiquei no primeiro Local e paguei as 20 e disse-lhe que era caro levar 100 ate ao centro, perguntei a outro Tuku Tuku quanto era ate ao centro, 40 Rupias, eu Sabia que era isso mais ou menos e aceitei o negocio, depois disso fui ao centro da espécie de cidade trocar dinheiro, e de seguida fomos dar uma volta a ver a lixeira rural....depois fui almoçar e o homem almoçou comigo, tive de insistir para ele comer e de seguida tinha de ir levar ao hotel, acertamos o valor e eu dei-lhe depois o dobro e expliquei-lhe porque tinha trocado antes de tuku tuku, e assim como ele tinha feito era a forma correcta de tratar os turistas e nunca a roubarem os turistas, por estas e por outras é que os Hoteis nesta terra estão vazios e as lojas de recordações ás moscas e cheias de pó...eles andam a matar a Galinha dos Ovos de Ouro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 6th 2015, 04:42

Sentado à beira da estrada à espera que pare de chover,(embirrei e não visto o fato de chuva) desta vez estou em Canacona a comer umas “Samosas” e bebendo um chá à conversa com o taberneiro e com a companhia de ninguém lá nos vamos entendendo, ele em Dialecto Local eu em Português, é uma maravilha e mais conversa também não é preciso, encosto os dedos as Chamuças , ainda estão quentes então venham elas, e chá, Black Tea que é linguagem universal, as Chamussas Vegan que eu continuo Vegetariano, fiz ali uma pausa num bife de Búfalo um dia destes mas duro que nem cornos não achei piada nenhuma aquilo, voltei a ser Vegetariano e ando impecável….hoje tomei a opção certa, farto da confusão do transito optei por me levantar as 4 da manhã e sai de Mangalor eram 5h, impecável, são à volta de 400Kms ate GOA e convém fazer isto com a pestana aberta, bem aberta….de manhã e ainda era de Noite apanhei um susto de Morrer, foi a segunda vez na Vida que me aconteceu isto, vi um Homem Morto na estrada envolto numa poça de sangue, mais um bocadinho tinha lhe passado por cima, já uma vez no Egipto tinha tido esta experiência hoje foi outra vez, mas no Egipto era de dia e foi no meio da cidade perante a indiferença de todos esta hoje foi numa estrada sem ninguém só vi com os faróis da mota o homem estendido e a poça do sangue, mandei uma guinada (aquele instinto) e ainda pensei em parar, mas não parei, ia parar e seguramente ia arranjar um monte de problemas para o meu lado sem ter nada a ver com aquilo, por isso….siga para o Estado de Karnatak para voltar a ver aquela India que já não vi há uns dias, o normal, vacas , estradas umas melhores outras piores animais mortos na estrada mesmo dentro das localidades perante a passividade de todos, enfim, os bonitos estados de Tamil e Kerala já ficaram para Trás, a Seguir vem GOA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 6th 2015, 04:43

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 12196289_10206135069070847_3437211433168526751_n
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 6th 2015, 06:16

A estrada que nos traz de Mangalor a Goa são cerca de 400 kms de Igual beleza ao que já vinha habituado desde Cochim, esta zona da costa Indiana é uma espécie de região baixa pantanosa onde o mar entra pela terra  dentro ou o contrario, fica ao gosto de cada uma, apanhámos  uma ligeira região montanhosa em Kunta e a seguir uma zona novamente de praias, mar, portos de pesca e zonas da marinha de guerra indiana , interessante e bonito de apreciar de cima da minha mota, Goa vem a seguir e levamos como que com uma espécie de choque cultural e natural, tudo muda, o arvoredo volta a ser tropical e grandes coqueiros , antes por alguns quilómetros  tinha havido uma estagnação nesta aparência tropical e começamos logo a ver o Café do Pereira a casa do Silva e mais  uma serie de situações que nos fazem realmente lembrar o nosso pais, depois vem Margão, Vasco da Gama e mais uma serie de terriolas com nomes mais ou menos familiares, uma zona interessante também a ilha de são jacinto e um porto naval que penso eu ser de desmantelamento de navios, mesmo assim não retira beleza à região, andei por aqui as voltas umas 2h para depois rumar ate Panjim e Velha Goa e à noite dei uma volta por Pangim, primeiro a pé mas depois optei pelo Tuhu Tuku que tem sido meu amigo nestes dias ca pelas India, o Nassir, Muçulmano de religião levou-me a ver a Nossa História, os Casinos e toda uma zona realmente apreciável onde os nomes relativos a Portugal Imperam….pena que esteja tudo tão velho e sem Manutenção, esta Cidade já foi bonita sim senhor, agora tal e qual  como nós, os seres Humanos, já se nota o peso da Idade, necessita urgentemente de umas plásticas senão cai tudo no Chão 


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC01329


https://plus.google.com/u/0/photos/103126716119599396721/albums/6213900054107602913
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 6th 2015, 14:54

Se já não restavam muitas duvidas hoje ficaram definitivamente dissipadas, ainda bem que quando cheguei a Mumbai optei por ir primeiro para Norte do que vir Logo para sul e fazer que digamos a volta ao contrario, seguramente se tivesse vindo primeiro para “baixo” ou seja se tivesse feito estes 600kms de Mumbai ate Goa em vez de ir primeiro para Damão e Diu que fica a norte de Mumbai tinha sido um problema gravíssimo para sair daqui, ou então assim que fizesse os primeiros Kms depois do Estado de Kerala e Tamil tinha logo voltado para trás, esta Região de GOA é diferente hoje andei à vol,ta de 200 kms de mota aqui pela região, desde Goa Velha ate Chapora, visitei aquelas praias quase todas a Norte de Goa ou no caso a Norte de Panjim , ali já foi uma coisa bonita de se ver sim senhor, tem ar de pelos anos 80 ter sido um qualquer paraíso a nível mundial para os ocidentais, existem ainda muita casa ou seja Bares de praia com coqueiros e toda aquela fantasia própria das zonas tropicais, hoje mais dada ao abandono mas ainda permanece muita coisa a funcionar e ainda há muito turista, muitos deles andam em motas alugadas, scooters, pequenas 200 C.C. e algumas Royal Enfield nota-se ali uma cultura dada ao estilo Hippie, uma forma de vida que tenho alguns amigos mais dados a ela e que eu as vezes também gosto de viver com eles, não tão profundamente mas gosto de por la dar as minhas escapadelas, aqui é um paraíso Hippie, um paraíso para essa cultura muito dada à natureza e à amizade , toda a região norte de Goa tem ofertas para esses estilo de vida com muitas casas a alugar pequenos quartos e com oferta de tudo o que nos permite fazer umas ferias a preços muito em conta, ainda vale a pena vir ate Goa de Ferias mas com o passar do tempo tudo se vai degradando, entre cada bar a funcionar perfeitamente há meia dúzia deles já fechados que acabam por dar aquele ar de abandono a um local de alguma forma paradisíaco, é pena as coisas caminharem neste sentido mas Viva esta Região de Goa ainda com forte marca Portuguesa, a cada canto vimos um Pereira, Salgado, Manuel, Fernandes, Dias, etc., etc.,etc….


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Photo.php?fbid=10206139590023868&set=pcb


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 12189747_10206139594063969_371884598604340669_n
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 6th 2015, 14:57

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 12196145_10206139590023868_4807759228209915686_n
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 6th 2015, 14:58

Atendendo a uma sugestão do meu caríssimo amigo Carlos Brum passei aqui em Chapora, de Panjim a chapora são à volta de 20 ou 30kms por locais bem agradáveis sempre com imensos Vestigios portugueses desde casa que alugam quartos a igrejas existe de tudo, porem, ate o Theo, amigo de longa data do Carlos ja vendeu o bar e meteu-se a andar para a Grecia, o seu pais de Origem, um forte exemplo do estado de abandono a que esta esta região, os mais activos empresários, os que faziam mexer a zona foram-se embora, hoje permanecem essencialmente os Locais, sentados, de perna traçada à espera do que caia do céu como ate aqui durante estes anos todos seguramente caiu...uma tristeza ver esta gente com esta forma de vida


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 12122876_10206139594423978_3514106838133599807_n
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 6th 2015, 15:01

Agora sim, um BAR à Altura da Rapaziada 
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 12118876_10206139594103970_6279306921046903181_n


Na Basílica do Bom Jesus está Francisco Xavier que mesmo depois de Morto viajou quase tanto como em Vivo!!!
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 12196116_10206139592463929_2617098320786750496_n
Voltar ao Topo Ir em baixo
F1CT1C10U5
Administrador
F1CT1C10U5

Pendura : A Maria!

Número de Mensagens : 16125
Idade : 41
Localização : Casal da Silveira - Lisboa
Mota/Modelo : 2008 Honda CBR 1000RR '¹³'
Data de inscrição : 12/05/2009

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 7th 2015, 09:29

Mas são mesmo gajas... ou são "gajas"? Razz

_________________________________________


1999 Honda CBR 600F: 02-02-2008 - 19-02-2010
2008 Honda CBR 1000RR: 19-02-2010 -
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bugalho13
CBR 600F4i
Bugalho13

Número de Mensagens : 3407
Idade : 33
Localização : Margem Sul
Mota/Modelo : ex R6 01 - ex CBR 600rr 03 - ex CBR 1000rr 04 - ex Hornet f8 - ex Kawasaki z750 07 - ex Yamaha FZ6n 04 - ex Yamaha Virago 250 91 - ex Suzuki GSR08 - ex Honda NC700x 13 - ex Honda NC750x 16 - atual Suzuki DL650 V-Strom 05
Data de inscrição : 24/03/2013

O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 7th 2015, 14:00

Cada vez mais invejoso brutal mesmo este gajo e a sua aventura
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 8th 2015, 06:04

F1CT1C10U5 escreveu:
Mas são mesmo gajas... ou são "gajas"? Razz

Tambem ha aqui os "LadyBoys" uma especie de mistura traumática aos olhos de quem os vê ao vivo...andam a pedir no transito, os carros fecham as janelas mas um gajo na mota fooooodasssse tem de levar com aquela porra!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 8th 2015, 06:08

Bugalho13 escreveu:
Cada vez mais invejoso brutal mesmo este gajo e a sua aventura

Obrigado por gostarem, tem sido realmente uns dias fabulosos sem grande explicação, estou realmente a adorar
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 8th 2015, 06:10

A Todos os que tem acompanhado este tópico o meu muito obrigado, nem sempre respondo um a um mas leio sempre os vossos comentários, espero que gostem, as fotos não são muitas porque realmente não tenho muito tempo para estar na Net, compreendesse , estou a viajar, mas sempre que posso descarrego fotos mesmo com a NET muitíssimo lenta
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 8th 2015, 08:55

Completamente rendido aos encantos da India teve hoje a tal cerejinha em cima do bolo, depois de Goa ate aqui já perto de Mumbai foram 490kms, os 100kms de Montanha são como que uma pré despedida em Beleza deste grande pais, curva contra curva e retas, e mais curvas, sem grande transito, andasse que é uma maravilha, tal como eu disse antes ainda bem que não vim primeiro para Sul assim como sem querer acabei por guardar o melhor para o fim , desde o estado do Tamil que esta India vale mais a pena, não é que o norte não seja interessante, porem, o sul merece realmente uma visita mais detalhada e com calma, felizmente tenho tempo para isso e vou disfrutando à minha maneira dos seus encantos naturais, sou um amante e apaixonado pela natureza, as grandes cidades pouco ou nada me dizem a não ser que tenha de la ir fazer qualquer coisa, as grandes cidades também tem coisas muitíssimo interessantes é certo, porem, o transito caótico e aqueles aglomerados de gente desinteressante e desinteressada de tudo e todos afasta qualquer pessoa que, como eu, prefira a acalmia e pureza das aldeias  e das suas gentes, quando sai de Alcobaça optei logo pelos caminhos mais rurais, apontei como que direito ao Alentejo passei pela Vidigueira e sai de Portugal por Barrancos, depois Espanha ate Andorra sempre em nacionais e estradas camararias, os Pireneus, Alpes a Transfargassan, e as altas Montanhas da Turquia e depois a Geórgia, Arménia e o Irão nas Montanhas a Norte e pelo Curdistão mas seria injusto não mencionar as Do Sul a chegar a Bandar Abbas  foram sempre opção prioritária, na India tardei em Chegar mais a Norte nos Himalaias e agora voltei a encontrar estradas que realmente são um misto de emoções, por um lado apetece estar parado para disfrutar da Natureza por outro apetece andar de Mota  serra abaixo Serra acima, tal como esta escrito em Muitos carros por aqui…. 
“ Great India”   
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC01535


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC01466


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC01859


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 DSC01857
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado
Anonymous


O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitimeNovembro 8th 2015, 09:01

Estavàmodos que difícil explicar aqui à rapaziada do Hotel que escolhi este Hotel não foi por mim foi pela minha Mota, hotéis em Goa há muitos mas com parque fechado e segurança total para a Minha Mota é que há poucos vai dai que não entendendo o porquê da minha escolha queriam espetar com a Minha Boneca ali para trás no meio das espécies de Motas e Motorizadas do pessoal do Staff aqui do Hotel…ora, nem as pensam!!!!! Vai dai que vi-me obrigado a solicitar de imediato a presença do gerente do Hotel….Pessoa educada e compreensiva e la do alto dos seus 30 e poucos anos percebeu logo à primeira a Insatisfação total do seu importante Guest, ou seja, EU Mesmo, que por acaso ate me chamo Fernandes mas não sou de Goa e vai dai que passei logo de imediato a escolher o Local mais adequado para tão importante veiculo seguramente já alguma vez equiparado a outro tal que por aqui tivesse permanecido apesar de ele insistir que aqui vinha gente muito importante vi-me outra vez obrigado a explicar a vossa excelência quem na Realidade era aquela Boneca que estava ali a olhar para nós e a presenciar tão inútil conversa e que não valia a pena insistir porque ou era assim como eu dizia ou então tinha de ir procurar outro local para pernoitar porque a coisa mais importante para mim nestes dias que por aqui ando é a Minha Mota….Entretanto chegamos de imediato a acordo e vossa excelência o gerente sugeriu inclusive um quarto de frente para eu poder ver a minha Mota da minha janela…. Assim ali esta a Minha Boneca mesmo na Frente do Hotel Ginger na Zona exclusiva onde imperam as Placas “No Parking” sendo assim atração para quem neste hotel esta Hospedado, porem, após as minhas exigências Vossa Excelência o Gerente mandou chamar a rapaziada da portaria e passou a transmitir aos demais que era expressamente proibido alguém sentar-se em cima dela, esta foi mais uma exigência minha pois tá claro olha que porra, na Minha Mota Ninguém mexe e Acabou a conversa, mas podem tirar fotos prontos…mas ao lado!!!!
O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 FhSYxxV-n1_loeb2B5MreWkY6q3JNSRnsSB24MN3I4Dz=w382-h509-no
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Empty
MensagemAssunto: Re: O Caminho de Mota Para a India O Caminho de Mota Para a India  - Página 11 Icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

O Caminho de Mota Para a India

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 11 de 14Ir à página : Anterior  1 ... 7 ... 10, 11, 12, 13, 14  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
CBRportugal | Comunidade Motard :: COMUNIDADE :: Rotas & Destinos-